Engajamento de Conteúdo: Fatores que tornam o desafio de engajar ainda mais Difíceis

Engajamento de Conteúdo é um termo, ainda novo no Brasil, que surgiu no contexto dos famigerados inbound marketing e marketing de conteúdo.

Existem diversas definições, mas uma das mais difundidas é: “[…] pessoas reais respondendo ao seu conteúdo de forma mensurável.” Neil Patel, investidor anjo e co­fundador do KISSmetrics e Crazy Egg.

Basicamente, é o que você espera do conteúdo produzido pela sua marca, ou seja, que tenha engajamento suficiente para, por exemplo:

● Nutrir leads e aumentar a conversão de clientes;

● Melhorar a retenção e o serviço prestado ao cliente, através da disseminação de boas práticas no uso do seu produto ou serviço;

● Aumentar o ticket médio do carrinho de compras (e­commerce) ou o consumo de vídeos ou textos (Sites, Blogs, Vlogs);

Antes um diferencial de marcas inovadoras, o marketing de conteúdo virou um padrão de boas práticas em maketing digital. Faça o teste, verifique sua caixa de e­mail e veja quantos e­books, pesquisas, webinars, etc. você recebeu nos últimos meses.

Além da competição, você precisa considerar e mitigar uma série de fatores que tornam o desafio de aumentar o engajamento mais complexo:

● Tempo de atenção​ em uma tarefa, sem que o usuário se distraia, diminuiu​nos últimos 10 anos. Hoje a média está em 8,25 segundos.​

● Em média, os visitantes lerão no máximo 28%​das palavras durante uma visita.

● O tempo médio de visita dura menos que 1 minuto e frequentemente os usuários deixam a página em torno de 10 ​à 20​ segundos​.

No entanto, ainda há formas eficientes de prender a atenção de sua audiência e uma das principais estratégias é o uso de vídeos. Segundo a pesquisa, o tempo de visualização média de um vídeo é de 2,7 minutos.​ Porém, o vídeo sozinho não é suficiente para aumentar o engajamento no conteúdo produzido por sua marca, por tanto, atenção as dicas:

● Seja claro em sua mensagem. Para tal, teste diferentes mensagens e veja como potenciais clientes reagem a elas. Se virarem leads, você foi claro o bastante!

● Foque em UX e garanta que a navegação seja muito simples

● Além de clareza, as mensagens precisam ser curtas. Falar muito escrevendo pouco requer prática!

● Apele para o desejo do consumidor e invista em conteúdos que exaltem casos de uso do seu produto ou serviço. Menos sobre funcionalidades e mais sobre o uso e benefícios.

● Os principais segundos dos seus vídeos são os 8 primeiros. Prenda atenção com eles e exponha sua marca, pois se pularem o vídeo, ao menos sua marca foi exibida.

Conclusão​:

Agora que você conhece o conceito de Engajamento de Conteúdo, e entende que engajar ficou mais difícil e concorrido, considere o uso de ferramentas para ajudá­lo nesse desafio.

As diversas ferramentas de engajamento de conteúdo são importantes, pois além de permitir a reciclagem do seu conteúdo, ou seja, apresentá­lo em formatos ainda mais engajantes, também oferecem analytics especializados em engajamento.

E sobre as estatísticas aqui apresentadas, recebi como parte da estratégia de marketing de conteúdo de uma respeitada startup norte­americana. Me engajei, virei lead!

Fontes:

http://smallbiztrends.com/2015/04/ultimate­guide­boosting­content­engagement.html

http://contentmarketinginstitute.com/2011/11/content­marketing­inbound­marketing/

http://blog.hubspot.com/marketing/human­attention­span­decreased

http://blog.hubspot.com/marketing/human­attention­span­decreased

Cezar Augusto

Cezar Augusto

Sobre nosso convidado:

Cezar é Growth Hacker no Izzui e associado do fundo de investimento anjo VentureOne. Foi sócio em startups na área segurança da informação, importação, leilão de arte e reflorestamento.

E-mail de contato: cezar.augusto@izzui.com

Quero Escrever um GuestPost

Foto de Capa: Pixabay