Boa tarde, meu povo! Tudo bem com vocês?

A nossa startup convidada de hoje é a Me Atende, um aplicativo que funciona como uma mão na roda quando precisamos falar com empresas que tem dificuldade de se comunicar com seus clientes ou são pouco acessíveis pelo telefone. A startup permite que você selecione a empresa que deseja contatar, entre as opções disponíveis no banco de dados, e a empresa acionada te liga para atender a sua solicitação. É isso mesmo! O app está disponível tanto para Android quanto para IOS e é totalmente gratuito.  Agora, não precisamos mais ficar minutos na fila de espera telefônica ouvindo músicas tediosas. Para saber mais detalhes do negócio, confira como foi o nosso bate-papo com Leduar Staniscia, CEO e Fundador do Me Atende:

1 – O que é sua startup e como surgiu a ideia?

Trabalhei durante quase 10 anos com tecnologia p/ call center e vi que ao contrário do que muitos consumidores acreditam, as empresas gastam uma fortuna tentando atender ele bem, mas isso é uma tarefa muito complicada em um pais com quase 200 milhões de pessoas como o nosso.

Depois desta experiência eu me mudei para São Francisco e lá percebi que tecnologia mobile poderia ser um grande facilitador na relação empresa-consumidor. Convidei um amigo meu da época de faculdade e juntos fundamos a Me Atende. A idéia é o seguinte: ao invés de você ligar no SAC para resolver o problema com uma empresa, você solicita uma chamada e a empresa te liga quando estiver preparada para lhe atender.

Desenvolvemos um robô que simula todos os passos que o consumidor faz para entrar em contato com a empresa, e quando identificamos que um humano atendeu a chamada, transferimos para o usuário solicitante. O usuário economiza tempo e a empresa economiza, pois ligar para um celular é mais barato do que atender uma chamada via 0800.

2 – Qual foi o primeiro passo para tirar a ideia do papel? Como enxerga sua startup em dois anos? Tem potencial de crescimento?

Eu e meu sócio sempre pensamos em montar alguma coisa juntos, mesmo quando éramos estudantes. Mas, até então, nada tinha saltado aos nossos olhos e a vida seguiu. Quando liguei para ele e contei sobre o Me Atende, nem LOGOdiscutimos muito, pois percebemos que era uma oportunidade grande e tinha que ser implementada rapidamente.

Nós queremos revolucionar a forma como o atendimento é feito no Brasil. Nossa ideia é que, em dois anos, teremos, pelo menos, 70 das 100 empresas mais buscadas no app e milhões de usuários.

3 – Por que escolheu o mercado no qual está inserido?

Atendimento ao consumidor é um problema crônico no Brasil. Quem não tem pelo menos uma história para contar sobre problemas com o SAC? Vimos na tecnologia mobile uma maneira de facilitar a vida de milhões de pessoas que passam por estes problemas, além da minha experiência prévia no mercado.

4 – De qual cidade vocês trabalham? O mercado que atua possui diversos concorrentes, qual seu diferencial?

Nosso escritório é em São Paulo, mas acreditamos que com toda a tecnologia que possuímos hoje em dia, não precisamos criar barreiras geográficas. Temos colaboradores em Goiania, Pelotas e Juiz de Fora, além de outros serviços que contratamos de freelancers em toda a América Latina.

Propomos uma mudança de paradigma muito grande para centrais de atendimento. Até o momento, não temos nenhum concorrente relevante.

http://meatendeapp.com/

Em fase: Em busca de empresas e consumidores

http://www.facebook.com/meatendeapp

http://twitter.com/meatendeapp

Prêmios: Desafio Méliuz – Projeto Mais Inovador do Brasil

Henrique Schmidt

contato@lapresse.com.br

LaPresse – Assessoria de Imprensa para PME e Startups

Fan Page do Startups Stars