“Quantas boas ideias não receberam apoio por não terem sido bem apresentadas?”

Diariamente milhões de novas ideias surgem, algumas morrem em poucos segundos, algumas duram horas, dias, e algumas poucas, muito poucas na verdade, se tornam negócios. Isso é natural, afinal nem tudo que é uma boa ideia para você e seu ciclo social como um todo, é necessariamente uma boa ideia na visão do mercado, além disso no caso de ideias inovadoras, questões como lugar e momento certo influenciam muito, porém isso é um papo para outra hora.

O ponto aqui é que existem muitos casos de boas ideias, que tinham tudo para dar certo, e mesmo assim não conseguiram apoio, e apesar de existirem diversos motivos para isso, existe um que pode ser apontado como um grande vilão que se repete diariamente, “uma má apresentação”.

E não estamos falando do power point, apesar dele também está incluso, e sim de um fato que ainda assombra os empreendedores brasileiros muito mais do que deveria, que é a falta de conhecimento na estruturação de negócios. Design Thinking, Lean Start Up, Business Canvas, são vários nomes que os empreendedores, mesmo os mais inexperientes dizem, e repetem, mas o número daqueles que realmente sabem usar essas ferramentas e estratégias incríveis para transformar grandes ideias em grandes negócios é realmente baixo.

Essa falta de “conhecimento” é um dos motivos que explicam o porquê de mesmo sendo o número 1 no ranking de empreendedorismo global, o ecossistema empreendedor brasileiro ainda tem um longo caminho a percorrer para se tornar tão poderoso e criativo quanto EUA ou EUROPA. É claro que temos uma comunidade que se ajuda e apoia da melhor forma possível, e que temos alguns problemas que não envolvem diretamente os empreendedores, porém um passo que podemos tomar para começar a reverter esse quadro é começar a investir em educação empreendedora.

Uma pesquisa recente mostrou que as universidades que são o berço de grandes projetos em todo o mundo, falham em oferecer suporte aos empreendedores no Brasil, porém isso envolve políticas públicas mais eficientes de um modo geral. Grupos como o “São Pedro Valley” em minas deram logo após o caso do fechamento mesmo que temporário do SEED um exemplo de como a comunidade empreendedora pode se ajudar, e nesse ponto acredito que uma das melhores formas de impulsionar o empreendedorismo, é organizar o conhecimento e distribuir gratuitamente para aqueles que estão começando. Uma espécie de “Escola do empreendedorismo”, criada pelos próprios empreendedores mais experientes que atuam como mentores para aqueles que estão começando.

Acredito verdadeiramente que essa é uma das formas mais eficazes de se aumentar as chances de sucesso das startups nacionais, começar a disseminar o conhecimento de forma mais democrática, e principalmente, não dar atenção somente a ideias que já se provaram boas, começarmos a também dar atenção a ideias com potencial, porém ainda cruas, afinal toda boa ideia começou assim.

Pensando nisso, eu e a Carolina Morimoto da Physis Jr. em São Carlos começamos a criar uma iniciativa chamada Montain WOLVES, a ideia é criar um link direto entre empreendedores universitários, e mentores experientes de várias partes do mundo, com o objetivo de ajudar grandes ideias a se estruturarem e virarem grandes projetos, e posteriormente grandes negócios. Para isso apostamos no conceito de oferecer a oportunidade de estudantes brasileiros que tenham boas ideias, sem necessariamente ter um bom projeto, possam se comunicar e receber orientação de empreendedores, coaches e mentores experientes, que vão ajudar aos marinheiros de primeira viajem a terem mais conhecimento para navegarem por esses mares do desconhecido, que é ser um empreendedor. E o mais importante! Sem cobrar nada em troca além do comprometimento dos universitários que se inscreverem para serem parte do programa. Acreditamos que essa seja nossa forma de retribuir algo que a nem tanto tempo atrás assim, nos foi oferecido e ajudou e ajuda muito em nossa jornada.

Quem se interessar em saber mais, pode acessar nosso site www.montainwolves.com e em breve iremos liberar mais informações sobre o projeto.

 

João Vitor Chaves Silva

João Vitor Chaves Silva

Sobre o Guest Blogger:

João Vitor Chaves Silva é estudante de engenharia, CEO na FEA Jr. , e empreendedor ao lado de Carolina Morimoto em diversos projetos voltados para área de educação e empoderamento social.

Perfis sociais:

Facebook: facebook.com/joaovitor2763

Linkedin: br.linkedin.com/in/joaovitorchaves

Quero Escrever um Guest Post para o Startups Stars