Olá!

Hoje trago um convidado muito especial, o Geraldo Santos. Ele é “partner” da DEMO Brasil, um evento fantástico, que ajuda os startupeiros a ter mais exposição através de um evento que acontece em todo o mundo. Mais do que ser da DEMO, o desafio é empreender em um mercado ainda em validação, então conversei com ele sobre eventos, startups, carreira e oportunidades, confiram!

Talita: Geraldo, me conta um pouco tua trajetória até os dias de hoje.

Geraldo: “Sempre fui workaholic , comecei a trabalhar muito cedo, desde os 14 anos em uma Universidade. Aos 18 já acumulava várias funções pois sempre fiz muito mais do que esperavam que eu fizesse ou que me davam para fazer. Com isso fui ganhando mais responsabilidades e sempre me oferecendo para os desafios, querendo mais!

Até o dia em que surgiu meu primeiro “mentor” (na época não existisse este termo), o Prof. Osmar Stolagli, que apareceu na minha vida para mudar completamente o rumo da minha carreira. Nesse momento ele, que já atuava no segmento de Tecnologia, me abriu um mundo até então desconhecido. Foi então que me apaixonei por tecnologia decidi cursar Análise de Sistemas, comecei na área como Instrutor de Treinamento e daí segui para empresas maiores na área de hardware e software, passando a acumular cargos em diferentes áreas como Gerencia de Produtos, Marketing, Suporte Técnico, Treinamento e Consultoria – o que me deu uma visão de que gerir pessoas é o mais difícil mas também uma experiência incrível pois pessoas são o que uma empresa tem de mais importante.

Nessa fase, eu deveria ter umas 20 ou 30 pessoas sob minha gestão, era o custo mais alto da empresa. Foi nessa hora que pensei, precisamos mudar esta imagem e criamos os serviços Premium (até então não existiam no Brasil), o que gerou um faturamento adicional para a empresa de um milhão de dólares no primeiro ano e de dois no segundo. Com isso ganhei uma nova experiência, me tornei um cara de negócios com uma baita visão e conhecimento de tecnologia.

Foi então que decidi que era a hora de empreender, pedi demissão, peguei meu fgts e entrei com tudo na execução. Meu primeiro negócio foi uma Consultoria de Marketing e Eventos, claro focado no setor de TI. Meus primeiros seis anos como empreendedor foram maravilhosos, atendemos todas as grandes empresas de TI que chegavam a cada mês ao Brasil. Nunca tivemos um só dia no vermelho ou sem clientes e projetos. Meu time era perfeito. Tudo dava certo, trabalhar não era um problema pra mim, lembra?

Então, vieram as crises internacionais afetando os investimentos dos meus clientes no Brasil. Nesse momento eu já havia criado mais duas empresas, uma delas, minha primeira startup de tecnologia – a ClickFilmes – o primeiro sistema de vídeo-on-demand da América Latina, com o primeiro filme transmitido via Internet no Brasil. Isso mesmo, criamos um similar Netflix há 11 anos, muito antes dele nascer, um ano antes do Facebook e mesmo do Youtube.

Essa foi uma fase de muito aprendizado pois vivi cinco anos desenvolvendo um mercado novo, tivemos aporte de mais de um milhão de um grupo de Anjos do mercado financeiro, o que me deu uma bagagem imensa tanto em sucesso, quanto em insucessos. O valor do sucesso é muito bom, mas a experiência em passar por fases ruins, fracassos ou mesmo quebrar uma empresa não tem preço. Isso dá ao empreendedor uma bagagem e uma confiança para assumir qualquer outro projeto com uma consciência enorme. Um aprendizado fantástico.”

 

Demo Brasil - Edição São Paulo

Demo Brasil – Edição São Paulo

Talita: Empreender no Brasil ainda não é fácil e representar eventos desse segmento deve ser ainda mais difícil, me conta um pouco sobre a decisão de trazer a DEMO Conference para o Brasil.

Geraldo: “Como consultoria ou como Agência de Marketing e eventos você acaba sendo a “bateria do carro” – sem ela o carro não funciona mas quase ninguém sabe qual a marca dela. Conosco não era diferente, fazíamos projetos e eventos gigantes, em todo Brasil e América Latina, com mais de 6000 pessoas. Porém meu sonho sempre foi desenvolver eventos próprios. Por isso, após a recuperação da última crise em 2009, decidimos que era hora de voltar a fazer nossos eventos. Olhando para o mercado e usando toda experiência adquirida como Startup e na relação com investidores, surgiu a DEMO Conference – mais importante palco de lançamento de inovação tecnológica do Vale do Silício, onde nasceram empresas como Wase, Salesforce.com, VMware, Picasa, Webex, Skype e centenas de outras de sucesso que á foram compradas por grandes players de TI como Google, Cisco, Microsoft, Oracle, IBM, entre outras.

A grande motivação em trazer a DEMO para o Brasil foi a necessidade do mercado em ter eventos para Startups com foco em negócios. Até 2013 não existiam eventos que reunisse em um local de alto nível, empreendedores com inovação, investidores seriais e clientes. A vinda da DEMO para o Brasil fez parte de uma plano de expansão mundial. Hoje, além dos Estados Unidos onde a DEMO está presente há mais de 20 anos, fazemos parte de uma rede Global, presente em países como Rússia, China, África, que nos permite dar maior visibilidade às startups brasileiras e também trazer investidores internacionais para o Brasil.
A edição DEMO Brasil 2013 realizada em São Paulo em junho teve mais de 800 pessoas, 35 startups finalistas no palco e mais de 20 palestrantes nacionais e internacionais. Foi um dos mais importantes encontros do ecossistema que gerou inúmeros negócios para startups e até mesmo diversos aportes de capital por parte de Anjos.

Por outro lado, a DEMO é muito mais que um evento. Ela veio para contribuir com o ecossistema de Startups no Brasil e para ajudar o mercado a amadurecer, profissionaliza-se, tanto no aspecto de organizar eventos profissionais, em ambientes de negócios, quanto no aspecto de curadoria, elevando o nível das startups e das inovações apresentadas no palco.”

Talita: Vocês estão fazendo diversas competições pelo Brasil, quais são as próximas cidades?

Geraldo: Para 2104 a DEMO inovou mais ainda, além da edição nacional que este ano acontece no Rio de Janeiro dias 3 e 4 de junho, teremos uma edição regional no Nordeste, dias 29 e 30 de abril e mais 15 edições estaduais, de março a novembro, que servirão de fase seletiva para a edição nacional. Veja o calendário completo do que chamamos de DEMO Tour “InnovationDAY”:

RECIFE-PE: 25/março
FLORIANÓPOLIS-SC: 8/abril
VITORIA-ES: 16/abril
CAMPO GRANDE-MT: 30/abril
RIO DE JANEIRO-RJ: 13/maio
MANAUS-AM: 28/maio
FORTALEZA-CE: 7/agosto
SÃO PAULO-SP: 28/agosto
PORTO ALEGRE-RS: 11/setembro
CURITIBA-PR: 25/setembro
SALVADOR-BA: 9/outubro
JOÃO PESSOA-PB: 16/outubro
BELO HORIZONTE-MG: 30/outubro
BRASILIA-DF: 13/novembro

demo brasil

Talita: Que estágio da startup pode se apresentar no DEMO BRASIL?

Geraldo: “As Startups da DEMO Brasil devem ter produtos inovadores, disruptivos, modelo de negócios e produtos 100% prontos para serem comercializados. Não pode estar na fase da ideia e sim na fase de ganhar mercado, clientes, obter investimento, ou até mesmo escalar internacionalmente, já que a DEMO oferece visibilidade em todo País e no mundo todo via rede Global. No palco da DEMO Brasil não existe slides, a Startups deve fazer seu pitch DEMOnstrando seu produto (daí a origem da palavra DEMO), com todos os recursos para isso. Nos Estados Unidos a regra é ainda mais rígida: o produto deve ser inédito, mas esta regra ainda não trouxemos para o Brasil, acreditamos que precisamos amadurecer o mercado antes.”

Talita: De acordo com sua experiência e do que você vê nos palcos, que mercado promissor temos no Brasil que é pouco explorado pelos startupeiros?

Geraldo: “Vivemos um momento excelente para empreender no Brasil. Fazia muito tempo que não tínhamos um ecossistema tão forte, Associações de fomento se organizando, programas de Governo como Startup Brasil e outros estaduais como Startup RIO, SEED, Minas, Aceleradoras investindo em mentoria e capacitação do empreendedor, entre outros. Cabe agora ao empreendedor fazer sua parte, criar inovações para mundo real. Por isso, a DEMO Brasil 2014 abre espaço para startups que tenham soluções inovadoras para segmentos que têm demanda como agronegócios, educação, saúde, mercado financeiro, varejo, telecom, óleo&gás, energia entre outros. Acreditamos que ainda existe muito espaço e demanda para serviços ao cidadão, com foco em cidades inteligentes por exemplo. Seguindo esta linha, não faltarão receitas ou clientes para as Startups. Este é o caminho, criar soluções para as dores e necessidades do mercado pois elas existem e existem empresas prontas para adquirir inovação.”

Talita:  O que o empreendedor pode esperar para o DEMO BRASIL que vai acontecer em junho aqui no Rio de Janeiro?

Geraldo: “Antes da DEMO Brasil no Rio teremos uma edição regional no Nordeste dia 30 de abril em Maceió-Alagoas. Essa é a grande chance das startups nordestinas lançarem seus produtos em um dos palcos mais importantes do mundo. Além de investidores-anjos e fundos de investimentos, neste ano daremos prioridade para levar potenciais empresas-clientes que buscam soluções inovadoras para seus mercados. A realização da etapa Nordeste em Alagoas está alinhada com o principal objetivo do evento: destacar as inovações presentes em todo País e contribuir para o desenvolvimento do ecossistema de startups. Há um ano estamos vendo de perto o trabalho sério que está sendo desenvolvido em todo Nordeste e principalmente no Estado de Alagoas. Percebemos um alto nível de engajamento existente entre Governo, Empreendedores, Investidores, Universidades e Instituições da região e acreditamos que tudo isso acelerou o crescimento das startups. Temos certeza de que o evento será um marco para a rica história empreendedora do Nordeste brasileiro.

No Brasil não existe um único Vale do Silício. Aqui temos vários! E nosso papel é identificar em todo País os melhores talentos, as mais brilhantes inovações e colocá-las no palco mais importante do mundo para que ganhem visibilidade, clientes e investimentos.
Esse é papel da DEMO Brasil. Faremos isso em todo País, de norte a sul e a cada etapa estadual ou regional selecionaremos os melhores que irão todos para o palco principal na DEMO Brasil – edição nacional no Rio de Janeiro dias 3 e 4 de junho. De lá sairão os 6 vencedores que irão representar o Brasil na edição americana – DEMO Fall, em novembro na Califórnia. Além disso, o primeiro colocado terá 90 dias de imersão no Programa de Aceleração da Plug and Play Tech Center – uma das mais importantes Aceleradoras do Vale do Silício.

Além de muita inovação, os empreendedores, investidores e empresários terão muita informação, com palestras nacionais e internacionais sobre Inovação e tudo que cerca este assunto. Casos de sucesso, painéis de debates, rodadas de negócios e muito mais. Tudo num ambiente altamente profissional e de negócios, que gera resultados imediatos para todo ecossistema.”

Nota

Obrigada Geraldo, espero poder sempre ajudar nos seus eventos. Galera, afiem os pitchs.. nos vemos na Demo!!

Beijos

Talita Lombardi

Instagram Talita Lombardi

Twitter: @talilombardi

Fan Page do Startups Stars

Blog de Empreendedorismo

talita@startupsstars.com