Tweet da morte do ator Chadwick Boseman é o mais curtido da história

Publicado na última sexta (28), o anúncio da morte do ator Chadwick Boseman bateu o recorde sendo o tweet mais curtido da história. O post, realizado pela página oficial do ator, recebeu mais de 6 milhões de likes em menos de 24 horas, superando o recorde anterior, de 2017.  

A própria rede social confirmou o recorde na plataforma. No RT, o Twitter escreveu: “Um tributo digno de um rei. #WakandaForever”. Até o momento, o post ultrapassa os 7,5 milhões de likes. Não só isso, como também já ultrapassou 2,2 milhões de RTs e já são mais de 931 mil comentários. Dois dias se passaram, e continua crescendo, devido às inúmeras homenagens realizadas a Chadwick Boseman. 

 

O post trouxe o anúncio da morte do ator de 42 anos, que foi causada por um câncer de cólon. Boseman enfrentava a doença desde 2016. A mensagem publicada informa que o ator, mesmo com a doença, trabalhou os últimos quatro anos normalmente, alternando filmagens com cirurgias. De acordo com a publicação, o diagnóstico do câncer foi dado no mesmo ano em que o ator foi selecionado para viver o personagem Pantera Negra, no filme Capitão América: Guerra Civil (2016)

Pantera Negra (2018), inclusive, é hoje uma das maiores bilheterias de filmes de super-heróis da história do cinema. Com uma bilheteria de US$ 1,3 bilhão, o filme também se tornou um símbolo da cultura negra. A morte do ator surpreendeu a todos, justamente pelo mesmo nunca ter falado publicamente sobre a doença.

Homenagens ao rei Chadwick Boseman

Crianças e representatividade  

Durante todo o final de semana, milhares de usuários fizeram homenagens ao ator nas redes sociais. Tanto famosos quanto anônimos postaram suas solidariedades à Boseman e sua família. Também demonstrando suas admirações ao Rei T’Challa, seu personagem em Pantera Negra. 

Entre muitas publicações, milhares de crianças demonstraram seus sentimentos. A usuária @kiaraimaniwill publicou em seu Instagram a foto de uma criança realizando um “funeral” com o boneco do personagem e de vários outros “colegas” do herói. “Nunca me vi refletida nos filmes que gostava de assistir. Estou tão grata que meninos e meninas negros têm um super-herói que podem admirar”, escreveu (em tradução livre). 

O usuário @it.s.jay.m publicou uma foto de uma criança ao lado do ator. Os dois fazem a saudação da civilização de Wakanda, o país fictício do personagem.

Atletas e celebridades 

No mundo dos famosos, diversas celebridades do cinema, esporte e televisão fizeram publicações sobre a morte de Boseman. O piloto de F-1, Lewis Hamilton, por exemplo, subiu no carro da Mercedes e dedicou a pole position ao ator. Outros atletas, como o jogador de basquete, Lebron James, publicaram fotos. Lebron postou uma foto que tirou ao lado de Boseman com a legenda “Descanse no paraíso, Rei” (em tradução livre). 

Pelo Twitter, o ex-presidente americano, Barack Obama, publicou sobre sua admiração pelo ator. No texto, relembrou de uma visita do ator à Casa Branca, para trabalhar com crianças. “Você poderia dizer imediatamente que ele era abençoado. Por ser jovem, talentoso e negro. Por usar esse poder para dar-lhes heróis para admirar. Fazer tudo isso enquanto sente dor”, escreveu. 

Marvel e sua despedida a Chadwick Boseman 

Nos cinemas, o Pantera Negra ficou marcado dentro do Universo Cinematográfico da Marvel. Não só por integrar uma das principais equipes de heróis. Ele também ficou marcado por ter sido o primeiro super-herói negro nos cinemas, gerando grandes movimentos de representatividade. 

O personagem fez parte da terceira fase do universo, com toda a apresentação da civilização de Wakanda e novos personagens. Por ser um estúdio que envolve centenas de pessoas, a morte do ator surpreendeu a todos. E colegas também realizaram suas homenagens. 

 

Pelo Instagram, Chris Evans (Capitão América), Don Cheadle (Máquina de Combate), Tom Holland (Homem-Aranha) e Mark Ruffalo (Hulk) homenagearam o colega. 

O diretor do filme Pantera Negra, Ryan Coogler, redigiu um texto publicado no site Deadline como tributo. “Ele era um cuidador, um líder e um homem de fé, dignidade e orgulho. Protegeu seus colaboradores do seu sofrimento. E viveu uma bela vida e fez ótima arte (…) Não senti um luto tão intenso antes”, publicou.

Relembrando dos tempos de gravação do filme, demonstrou-se emocionado na despedida. “É com um coração pesado e com um senso profundo de gratidão de ter estado em sua presença que eu tenho que reconhecer o fato de que Chad agora é um ancestral. E eu sei que ele irá nos proteger, até nos encontrarmos novamente”, finaliza. 

Outros companheiros de filme, como as atrizes Letitia Wright, Lupita Nyong’o e Danai Gurira divulgaram suas homenagens.

Por fim, as contas oficiais da Marvel também realizaram tributos ao ator. Pelo Twitter, escreveram: “Nossos corações estão partidos e nossos pensamentos estão com a família de Chadwick Boseman. Seu legado viverá para sempre. Descanse em paz”. Já no YouTube, a página oficial do estúdio publicou um vídeo em tributo ao ator, com imagens de bastidores e declarações de colegas. 

Brasil e Wakanda juntos

Por aqui, celebridades também se mostraram emocionados com a notícia. A cantora IZA publicou uma foto do ator, despedindo-se de Chadwick Boseman. No sábado, durante a entrada da chamada do Jornal Hoje, na TV Globo, a jornalista e apresentadora, Maju Coutinho, fez a saudação do herói na transmissão. 

Pelo Twitter, diversas celebridades demonstraram sua tristeza ao saber da notícia. Famosos como o dublador Guilherme Briggs, a cantora Ludmilla, o ator Lázaro Ramos, a conta oficial da Natura do Brasil e também a conta oficial da Turma da Mônica, prestaram suas homenagens.

No futebol, o jogador Gabriel Barbosa (Gabigol) também fez uma homenagem. No jogo do Flamengo contra o Santos, o jogador fez a saudação depois de marcar um gol.

FONTES
1 2 3 4

Compartilhe:
Artigos relacionados