5 razões para iniciar o Social Listening no seu negócio

O Social Listening oferece a chave para entender seu cliente e gerar insights

Entender o que seu público fala e gerar uma conversa relevante é um dos pilares do marketing de conteúdo, mas como funciona esse processo?

Antes de mais nada, é importante entender o que é o Social Listening. Esse é o processo que acompanha qualitativamente conversas e tendências nas redes sociais, seja sobre uma marca ou um assunto, com o objetivo de gerar insights e criar oportunidades de conteúdos para os públicos mais relevantes.

A grande diferença entre o Social Listening e o monitoramento de redes sociais está justamente em enxergar fora da caixa. Enquanto o monitoramento se atenta principalmente às menções da marca nas redes sociais, o Social Listening tem a visão do todo, muito além do que parece óbvio.

Se você olha apenas para “dentro de casa”, acaba perdendo muitas oportunidades de interações e insights que geram conteúdos relevantes para seu público. Dan Neely, CEO da Networked Insights, diz que “O monitoramento vê as árvores, o listening vê a floresta.”

Saúde da marca

Como dissemos anteriormente, o Social Listening olha para o todo. Mas isso não significa que a marca não esteja no meio das análises. Muito pelo contrário: sua marca sempre será um dos pontos mais importantes.

Porém o Social Listening poderá identificar, por exemplo, pontos de atenção que possam se tornar crises. Antecipando uma crise você é capaz de criar um posicionamento que possa amenizar a situação.

Conteúdo relevante

Outra atribuição do Social Listening é entender exatamente com quem você está falando. Será que a persona que você planejou há anos continua sendo a mesma? Será que seu conteúdo está atingindo novos públicos?

Para responder essas e outras perguntas, o Social Listening apura o perfil de quem conversa com a marca, entende padrões e oferece insights de quais são as melhores maneiras de interagir. Dessa forma o relacionamento entre marca e consumidor se torna fluído e orgânico.

Campanhas de marketing

Assim como o conteúdo relevante que é feito no dia a dia, o Social Listening também auxilia diversas empresas na hora de criar campanhas de marketing que engajem verdadeiramente com o público.

Durante essa análise podem surgir diversos “do’s” e “dont’s” (que basicamente são recomendações do que fazer ou não fazer), sempre pautados em como se comunicar com o público da maneira mais acertiva possível.

Tendências em real time

Observando o público de perto, é possível enxergar oportunidades não só para conteúdos relevantes, mas também para produtos. Resolver um problema de um cliente é o que leva um novo produto ao sucesso. Se existe a demanda, por que não criar a oferta?

Além disso, outro ponto é observar as tendências em “real time” (em tempo real). Dessa forma é possível lincar um influenciador com um produto, ou até mesmo iniciar ou pausar uma campanha, dependendo do que está acontecendo ao redor do mundo.

Relacionamento com o cliente

Todos esses passos do Social Listening nos leva a um único caminho: o relacionamento com o cliente. Se uma marca se torna relevante e abre espaço para a comunicação com seus consumidores, é necessário haver uma equipe para gerir toda essa informação.

Não é apenas responder inbox ou participar de um meme. Tudo precisa estar interligado dentro e fora da marca, sem destoar do mundo lá fora e sempre (sempre!) entender o consumidor. Suas alegrias, suas dores; seu jeito de falar, seus gostos e seus hábitos. Tudo isso serve como base para o Social Listening.

Compartilhe:
Artigos relacionados