The Last Of Us Part II bate recorde de vendas em seu lançamento

A espera acabou. Na última sexta (19), o game The Last Of Us Part II enfim foi lançado, depois de ter sido adiado mais de uma vez, por conta do coronavírus. E as expectativas foram superadas. 

Não só por parte da crítica, mas também quando o assunto é mercado. De acordo com o site Games Industry, The Last Of Us Part II se tornou o maior lançamento de 2020 entre todos os consoles. E isso apenas contando a compra de mídias físicas, sem contar as cópias digitais. 

Mas o jogo foi além. Conseguindo ser 76% maior que o primeiro jogo – lançado em 2014 – o novo game também se tornou o maior lançamento da história do PlayStation 4, superando Uncharted 4. O título veio por uma diferença de 1% no total de compra. 

Mesmo sem números oficiais divulgados, é possível calcular um número muito superior. Principalmente pelo cálculo ser feito apenas com base nos jogos em mídia física. Ainda é preciso levar em conta as cópias digitais, que ganharam um destaque maior durante a quarentena. 

LEIA TAMBÉM: PRODUÇÃO EM HOMEOFFICE NÃO ATRAPALHA VENDA DE GAMES

The Last Of Us Part II também conseguiu superar Animal Crossing, com uma vantagem de 40%. Isso fez com que o game da Nintendo ficasse fora do top 10 pela primeira vez, desde março, quando lançou. 

Com o jogo de simulação fora do top 10, a lista é completada por Ring Fit Adventure em segundo. FIFA 20 em terceiro. Mario Kart 8: Deluxe em quarto e Call Of Duty: Modern Warfare fechando os cinco primeiros. GTA V, Minecraft (Switch), 51 Worldwide Games, Pokémon Shield e Star Wars Jedi: Fallen Order completam a lista. 

O ódio por The Last Of Us Part II

Ainda que as críticas tenham se mostrado positivas, com o game atingindo uma nota média de 95/100 no Metacritic – nota essa que classifica o game como “aclamação universal” – parte do público não concorda. 

Tanto que o game acumulou mais de 31 mil reviews negativos, atingindo uma nota 3.9/100. Em um fórum do Reedit sobre o game, um dos usuários publicou uma foto do disco do jogo quebrado. “Vou fingir que esse jogo nem existe”, escreveu na legenda. 

De acordo com o site Comic Book, parte dessas críticas negativas vem de pessoas que nem finalizaram o jogo ou sequer jogaram. Muitas das críticas utilizaram prints de lives ou fotos e vídeos divulgados para justificar. 

Um lado apresenta críticas referente à história. Porém, uma crítica velada se baseia em preconceito. O jogo se tornou alvo de críticas já em 2018, quando na edição daquele ano da E3, a PlayStation exibiu um vídeo da personagem Ellie beijando uma outra garota, Dina. 

Na época, a Naughty Dog se tornou alvo do público gamer, com muitos usuários se sentindo incomodados com a cena. Com o lançamento do game, as críticas se intensificaram. A partir dos comentários é possível perceber descontentamento por decisões envolvendo personagens do primeiro jogo e pela evolução da personagem feminina da história – além de seu relacionamento. 

Mesmo com as críticas, o diretor do game, Neil Druckmann, fez um agradecimento em seu Twitter. “Em apenas algumas horas, temos quase o dobro do número de avaliações de usuários para #TheLastofUsPartII do que o primeiro jogo recebeu em sete anos. Amo essa paixão!”, escreveu em tom de ironia. 

LEIA TAMBÉM: OS GAMES MAIS VENDIDOS DA HISTÓRIA

FONTES
1 2 3

Compartilhe:
Artigos relacionados