Equipe de futebol Santa Cruz investe em e-sports e monta time de Free Fire

Na última semana, o clube Santa Cruz de Santa Rita anunciou que vai lançar sua própria equipe de Free Fire. Como já é sabido, a modalidade de e-sports vem ganhando cada vez mais destaque no meio esportivo e também muito destaque devido ao atual cenário de pandemia e isolamento social

Através do seu perfil no Instagram, o clube confirmou o primeiro reforço da equipe: os jogadores Joanderson Sales e João Victor. No perfil, o clube também já anunciou a imagem oficial do uniforme do time. E  no sábado (23), também foi anunciada a primeira seletiva para completar a equipe. 

De acordo com o post, serão 12 lines disputando a liderança em quatro salas personalizadas. A forma de comunicação vai ser realizada através do Telegram. E já confirmaram que, futuramente, terão novas seletivas. “Esse é só o começo”, finaliza a publicação. 

Antes do Santa Cruz, outros dois times da Paraíba também deram seus primeiros passos no cenário. No entanto, o Botafogo-PB e o Treze não evoluíram tanto a ideia, mantendo-se apenas em campeonatos de futebol virtual, com o intuito de gerar interação entre os torcedores. 

E-sports nos clubes brasileiros 

Para quem acompanha o cenário dos e-sports sabe que o Santa Cruz está longe de ser o primeiro clube de futebol brasileiro a lançar seu próprio time. 

O Athletico-PR, por exemplo, lançou sua equipe Furacão E-Sports em 2017. O time, no caso, manteve-se no futebol, em campeonatos de FIFA. Atualmente, o clube paranaense segue atuando no game na categoria Pro Clubs. 

O time do Corinthians foi outro que também iniciou seus trabalhos com e-sports em 2017. Nesse ano, o clube firmou parceria com a RED Canids e se vinculou no LOL e Rainbow Six Siege. Apesar de não ganhar títulos, o time teve bons resultados. Em março de 2018, o clube teve sua parceira cancelada, mas no fim do mesmo ano, retornou aos e-sports fechando contrato com Felipe Mestre, jogador de PES

Outro grande clube brasileiro que embarcou no mercado foi o Flamengo. Também em 2017, o clube apostou no LOL e por lá segue, tendo o jogador Felipe “brTT” como principal destaque. O time rubro-negro já teve três vice-campeonatos nas três competições que disputou. 

O clássico clube do Belém, o Remo, também tem sua própria equipe. Iniciando os trabalhando com uma parceria com a Brave, a principal line-up da equipe foi também de LOL. No cenário, a equipe contou com grandes nomes, como o de Alanderson “4LaN”, chegando a conquistar o Circuito Desafiante, em 2016.

A equipe também teve uma passagem no CS: GO e no Crossfire, até perder a parceira da Brave devido a postura dos dirigentes. 

FONTES
1 2

Compartilhe:
Artigos relacionados