E-commerce healthtech cresce 40% com exames para detectar Covid-19

Criada pouco tempo antes do início da pandemia de Covid-19, a healthtech Testly apresentou um crescimento de 40% durante os últimos meses. Um dos principais motivos foi o início de testes para detectar sintomas do covid-19. 

Com o intuito de tirar o fluxo e a complexidade do processo de exames tradicional, a Testly oferece uma facilitação. “Você faz o teste no momento que for melhor pra você. E você mesmo faz todo o procedimento: lacra e manda pra gente”, explica Gustavo Janaudis, diretor executivo e CEO da empresa ao site Canaltech.

Além da novidade do teste do Covid-19, a startup já conta com sete exames disponíveis: intolerância alimentar, nutrigenético, microbioma intestinal, genético ginecológico, esportivo e dermatológico e anticorpo

O processos de exames é feito através do PCR (coleta de material do nariz e da faringe). E sorologia (sangue). Enquanto o PCR detecta a presença do vírus em tempo real, o processo de sorologia detecta os anticorpos pro vírus. 

Com isso, a healthtech oferece exames apenas da área genética. Assim, além dos pacientes não precisarem do auxílio de um profissional, também dá estabilidade pro material coletado. 

LEIA TAMBÉM: COVID-19 PODE SER MONITORADO EM REAL TIME

Healthtech x Covid-19 

De acordo com Gustavo, a healtech vinha realizando testes genéticos desde janeiro. Mas sofreram com uma queda de 80% após o início da pandemia. 

Com isso, deixaram os outros exames em segundo plano, focando diretamente na autocoleta para sintomas do Covid. Depois de perder um parceiro, a Tesly montou o próprio laboratório de biologia molecular para continuar o trabalho. 

Ainda assim, a startup sofreu para dar conta do número de demandas. Inicialmente, o projeto contava com uma capacidade de 100 testes diários. Mas, com o tempo, tiveram que aumentar esse número, e hoje conseguem realizar até 890. 

“Já fizemos 30 mil análises de detecção do Covid-19, sendo a maioria proveniente das parcerias que temos com 26 hospitais”, conta ao site. 

Por ser uma healthtech, a startup conta com tecnologia de primeira. Uma que está presente na automação dos resultados, na plataforma de e-commerce, na orientação dos procedimentos via código QR e no sistema de laudos. 

“Nosso sistema considera algoritmos de computadores do mundo inteiro. Com isso, nossos dois geneticistas conseguem trabalhar em tempo real em qualquer interpretação nova que seja publicada em qualquer parte do mundo”, explica

Se auto examinando

Para conseguir realizar o procedimento da healthtech é só comprar o teste pela internet e receber um kit em casa. Através de um código QR, o paciente acessa todas as orientações para realizar o procedimento corretamente. 

Após realizar os passos e já ter fechado o kit, é hora de devolver ao laboratório. Para isso, pode utilizar o serviço de Correios, no qual o custo fica por conta da Testfy. Ou através do aplicativo Loggi, que a healthtech oferece um cupom de desconto de R$ 20 para ajudar. 

O resultado para detecção do covid, por exemplo, demora até 72 horas, enquanto o de anticorpo em 48h. Agora, os testes genéticos e microbioma intestinal demoram um pouco mais, sendo 20 dias e 15 dias, respectivamente. 

FONTE

Compartilhe:
Artigos relacionados