E3 2020 é cancelada devido ao Coronavírus

E o vírus do momento ataca novamente. E não há combos o suficiente que o derrote ou o impeça de cancelar mais eventos. Como mostramos no texto sobre a relação do mercado de jogos com o Covid-19, o consumo aumentou. No entanto, os eventos vem sofrendo cada vez mais. E a E3 não ficaria de fora dessa lista. 

Na edição do ano passado, a conferência já sofreu com a falta de grandes empresas participando. Na de 2020, a situação é pior, porque o evento foi oficialmente cancelado nesta quarta (11).

Os rumores começaram na última terça (10), depois de fontes confiáveis ligadas à Entertainment Software Association (ESA), organização oficial da E3, informarem que o evento não iria acontecer. 

O cancelamento se torna um marco na história do evento. Desde sua primeira edição, em 1995, este será o primeiro ano sem a realização da feira.

Até o início do mês, a ESA afirmava a realização da E3 normalmente. No entanto, a cidade de Los Angeles – sede da feira – declarou estado de emergência em relação ao vírus. O que fez com que a associação reavaliasse a situação, dando a confirmação do cancelamento por agora.  

Ainda que o evento não funcione como de costume, anúncios ainda vão ocorrer. Detalhes não foram dados, mas a própria ESA prometeu que os fãs passarão por uma experiência online. Apesar de não ser uma confirmação concreta, Phil Spencer, diretor da divisão Xbox na Microsoft, afirmou através do Twitter que a empresa vai falar sobre suas novidades. E é possível que outras empresas sigam a mesma linha. 

Mesmo tomando a decisão correta, a ESA afirmou estar desapontada com o cancelamento. O mesmo ocorreu com os fãs ansiosos. Para aqueles que já garantiram o ingresso, os reembolsos serão emitidos a partir das próximas semanas. 

O poder do Coronavírus 

Como já comentado, a E3 não é o primeiro evento de game a ser cancelado. No fim de fevereiro, a GDC também confirmou seu cancelamento. 

“Depois de passar um ano preparando o show com nossos conselhos, palestrantes, exibidores e parceiros de evento, estamos genuinamente decepcionados por não podermos recebê-los neste momento (…) Temos toda a intenção de realizar um evento mais tarde no verão (entre junho e setembro)”, informou no comunicado oficial. 

Outros eventos, como o MWC, o SXSW e a conferência oficial do Facebook, a F8, também foram cancelados. 

Nesta quarta (11), a OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou pandemia do vírus. Atualmente, mais de 100 países já foram afetados, incluindo o Brasil, que já ultrapassou de 50 casos confirmados. Mas, mesmo que a declaração assuste, é preciso calma. 

“A declaração de uma pandemia não é como a de uma emergência internacional – é uma caracterização ou descrição de uma situação, não é uma mudança nela”, disse o diretor-executivo de emergências da OMS, Michael Ryan.

FONTES

1 2 3

Compartilhe:
Artigos relacionados