O Coronavírus vem, cada vez mais, chamando a atenção do mundo. Espalhando rapidamente, a doença vem dando preocupação até nos brasileiros.

Até porque o alerta está no máximo nos países que possuem conexão com a China e passageiros.

Atualmente, a região de Wuhan é considerado o local de origem do vírus. Por isso, cidadãos e até empresas já estão agindo. A Apple, por exemplo, aproveitou a publicação do relatório de lucros para já adiantar algumas medidas.

Quanto as vendas, a companhia fechou uma loja na parte continental do país. E em outros locais, o horário de funcionamento foi reduzido. Outro ponto é que Tim Cook, CEO da empresa, passou a limitar as viagens de funcionários ao país desde a última semana.

A preocupação também está com as condições de trabalho. Tanto que o CEO afirmou que a empresa anda fornecendo kits de cuidados aos funcionários de Wuhan.

Não só isso, como também há constantes verificações da temperatura e sintomas de febre e gripe.

Outras companhias como Facebook e LG também estão restringindo viagens.

A força do Coronavírus

O vírus, que ficou conhecido nos anos 60, causam infecções respiratórias brandas a moderadas de curta duração. Os sintomas podem envolver coriza, tosse, dor de garganta e febre.

Em pessoas com doenças cardiopulmonares, com fraco sistema imunológico e idosos podem adquirir pneumonia com o vírus. E é bom sempre estar atento com a higiene. Até porque, de maneira geral, a principal forma de transmissão se dá por contato próximo.

De acordo com um novo relatório, o número de mortes pelo Coronavírus já ultrapassou de 160.

FONTES

1 2