A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) classificou, junto com a App Annie, o aplicativo Uber Eats como o melhor entre os concorrentes.

LEIA TAMBÉM: UBER REVELA NOVIDADES PARA O MERCADO TECNOLÓGICO

As duas companhias realizaram a parceria para verificar a qualidade de cada um dos apps de entrega e como eles impactam os consumidores. No resultado geral, cada aplicativo venceu em diferentes categorias. Mas, na soma, a vitória ficou com o Uber Eats.

Ao todo, o app ficou com nota 90 na versão mobile e 86 no desktop. A pesquisa também trazia o iFood e o Rappi na análise. O app de alimentos ficou com as notas 73 e 78, respectivamente, enquanto o Rappi foi considerado “ruim”.

Essas diferenças se deu por alguns destaques de requisitos de desempate, como informações dos pedidos ou processos de compra. Conheça as categorias da pesquisa: 

Descrição: Uber Eats 

Ainda que o iFood e o Rappi tenham sido considerados mais intuitivos, o Eats foi o mais bem avaliado na categoria, sobretudo na versão desktop. No celular, o Rappi foi classificado como “aceitável”, muito pelo fato do usuário precisar descrever o produto. 

O Uber Eats apresenta opções “pré-selecionadas” de maneira automática. Além também do app, junto com o iFood, apresentar opções de refeições com os preços já definidos. 

Gorjeta automática: Todos 

Essa categoria foi a única que teve um equilíbrio entre os apps. No desktop, todos foram muito bem classificados em processo de compra. Como citado acima, o iFood e o Uber Eats já apresentam as refeições com valores, enquanto, no Rappi, depende do estabelecimento. 

No celular, por sua vez, o Eats foi o único considerado “muito bom”, por ser mais completo. O iFood perdeu forças na categoria por sugerir uma gorjeta automática, que necessita atenção e alteração no app. O Rappi, por sua vez, não teve elogios. Muito pelo fato da gorjeta, que é igual do iFood, e também por não permitir a inclusão de CPF na nota. 

Rastreamento: Uber Eats 

Essa foi a categoria com a maior diferença entre os apps. O Eats permite o acompanhamento em tempo real, tanto pela versão desktop quanto mobile.

O iFood foi considerado “bom”, por não oferecer acompanhamento da entrega nas duas versões.

Neste ponto, outro fator importante para o cliente é a nota fiscal. Em certos pedidos, ela vem junto com o produto, mas em outros, vem a nota do pedido do aplicativo. Dentre todos, o iFood é o único que disponibiliza necessidade de troco em pagamentos em dinheiro. 

Suporte: iFood 

Quando o assunto é serviço de suporte e pós-venda, o iFood surpreendeu. O app não só oferece opções preestabelecidas de dúvidas e ajuda, como também as opções de envio de e-mail para a empresa, no app ou site.

Apesar da solução ser segmentada de acordo com o problema, a comunicação não é direta através do Uber Eats. 

Na versão desktop, o Rappi não oferece a opção de entrar em contato com o suporte. Já o aplicativo permite que o usuário solucione o problema através da Central de Ajuda

Entre os três, só o Eats disponibiliza retorno via desktop de acordo com as palavras-chave inseridas na pesquisa. No processo de estorno, iFood e Uber Eats foram considerados “muito bons”.

FONTE