Os pontos cegos no carros sempre foram um dos principais problemas entre os motoristas, desde aqueles que são novatos no trânsito até os mais experientes.

Essas áreas que acabam escapando da visão do motorista podem provocar acidentes gravíssimos, ainda mais quando é preciso ultrapassar ou realizar conversões. 

Isto porque o motorista tem dificuldades para perceber se existe outro veículo ou pessoa caminhando por este ponto.

Os espelhos externos, por exemplo, são acessórios para automóveis, obrigatórios e que permitem um pouco mais de visibilidade no trânsito.

Ainda assim, em determinadas situações, há a possibilidade de tomar vários sustos com o fato de não conseguir enxergar o automóvel que se aproxima escondido em algum tipo de coluna do veículo, ao passo que se está na direção.

Esse problema persiste, ainda que, com o passar do tempo, o motorista tenha maior atenção e não tenha mais espantos.

E foi tentando solucionar esse problema que Alaina Gassler, de apenas 14 anos, criou uma invenção para “eliminar” a coluna A da área de visão de quem está dirigindo. 

A invenção de Alaina Gassler: pontos cegos no carros

Tal fato segue além de qualquer detector de carro atual, que faz a emissão de luz e de sons, ao passo que alguma coisa esteja no ponto cego de quem está conduzindo.

Isto porque, dessa forma, há a possibilidade de visualizar o que está naquele ponto cego.

O sistema criado pela norte-americana funciona por meio de uma webcam – capaz de captar a imagem em tempo atual por trás do ponto cego.

Além disso, usa-se um projetor e um utensílio impresso em 3D para realizar o preenchimento desse espaço da coluna A.

Alaina revela que esse material usado em seu invento é capaz de refletir somente a luz de volta à fonte de luz, que, nesta situação, é o projetor.

Como os olhos do motorista estão próximos ao projetor, o motorista pode ver uma imagem nítida e clara, enquanto os passageiros veem apenas um pedaço de tecido preto.” explica Alaina.

A menina inventora, com toda sua inteligência, teve pelo projeto, o faturamento de um prêmio de US$25mil – que corresponde a mais ou menos R$104mil – em Concurso de Ciência Aplicadas para estudantes de nível médio realizado pela Samueli Foundation.

O que influencia a visão dos automóveis 

Conforme especificação do Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi), os principais aspectos que causam influências nas visões laterais dos automóveis grandes compreendem posição de área com vidro e tamanho de portas, bem como o de espelhos retrovisores. 

Dessa forma, influencia também o número de espelhos dispostos ao condutor. Já em relação a visão frontal, o que influencia é o tamanho e o quanto está inclinado o para-brisa.

Além disso, as dimensões, inclinações e larguras de colunas dianteiras podem influenciar na visão dos veículos, de mesma forma que a forma da carroceria.

Em relação aos pontos cegos de transportes grandes, é possível amenizá-los se houver a instalação de espelhos extras. Estes podem ser os convexos que são instalados na área de cima do retrovisor normal

Quanto aos caminhões, existe ainda espelhos que podem ser instalados na porta lateral da direita, capaz de reduzir os pontos cegos que se aproximam da roda da frente.

Sobre o convidado: Upsites 

A UpSites é uma agência de criação de sites com clientes satisfeitos espalhados pelo Brasil inteiro. 

Através de um trabalho sério e organizado, fomos reconhecidos com a classificação de 5 estrelas no Google Reviews.

Quero Escrever um Guest Post