Depois das novidades presentes no novo iOS, a Apple revelou aos brasileiros na última quarta (09) os preços do próximo iPhone. Dentre os modelos iPhone 11, Pro e Pro Max, os valores variam de R$4.999 até R$9.599. Sendo o mais barato para o modelo de 64 GB, enquanto o mais caro para o Pro Max de 512 GB.

Ainda que os números assustem um pouco, os novos modelos ficaram com valores mais baixos do que os da geração anterior. Isso porque, em 2018, o iPhone XR na versão 64 GB chegou no Brasil custando R$5.199. O que demonstra que a redução seguiu a média dos outros modelos

Nos Estados Unidos, a comparação também é válida. O iPhone 11 foi lançado US$50 mais barato que o XR, em 2018. E se isso chama a atenção para comprar fora do país, é bom reforçar que, nas versões americanas dos novos modelos, não são compatíveis com o 4G brasileiro – que utiliza 700 MHz. 

O que chama a atenção dessa nova geração é principalmente a nova câmera. Ela vai contar com dois sensores de 12 megapixels, lentes angular e ultra wilde. É possível, também, incrementar a qualidade das imagens e realizar melhorias no Modo Retrato. O novo modelo vai contar também com um processador Apple A13 Bionic, que é o mais avançado da Apple até o momento. 

No Brasil, a nova geração de iPhone começa a ser vendida no dia 18 de outubro

iPhone 11 Pro

Entre os três, é o modelo com a menor tela, sendo apenas 5,8 polegadas, com uma resolução de 2436×1125. O aparelho conta também com uma tecnologia OLED e notch para abrigar a câmera frontal e sensores TrueDepht, para serem usados em Face ID e recursos de realidade aumentada

Quanto ao visual, não há tanta diferença com o modelo inferior da geração. Mas traz também a vantagem da bateria, que promete durar quatro horas a mais do que o XS. 

iPhone 11 Pro Max

O Pro Max, por sua vez, garante a maior tela, com 6,5 polegadas e resolução de 2688×1242 pixels. Outras especificações, como a câmera tripla e o processador, mantém-se os mesmos. No entanto, a bateria se mostra mais um diferencial nesse caso.

Essa, inclusive, está com a promessa de durar “até cinco horas a mais comparada ao iPhone XS Max”, como está sendo dito pela Apple. 

FONTES

12