Há algum tempo que o Instagram é uma das principais redes sociais. No entanto, ao mesmo tempo que colheu frutos, também prejudicou a saúde mental de muitos dos seus usuários. Por sua vez, a companhia iniciou movimentos para melhorar isso.

Leia também: DEPOIS DE SUICÍDIO, INSTAGRAM ANUNCIA MUDANÇAS

Nesta quarta (18), a empresa revelou suas novas políticas. E entre elas, está a restrição e até remoção de conteúdos focados em perda de peso, dietas, cirurgia plástica. Principalmente para usuários menores de 18 anos.

Caso a publicação conte com promessas de resultados “milagrosos”, o Instagram poderá excluir o post.

De acordo com o Instagram, a medida procura manter a rede social como “um lugar positivo para todos”. O novo segmento já iniciou, e também será válido para fabricantes ou empresas renomadas.

A rede social possui projetos para introduzir novas ferramentas que vão permitir que o próprio usuário denuncie uma postagem futuramente.

Leia também: 4 DICAS PARA ASPIRANTES A INSTAGRAMMERS

Instagram e influenciadores em prol da saúde

A decisão tomou conta das redes sociais e ganhou apoio de ativistas que lutam contra essa indústria do “corpo perfeito”. A atriz Jameela Jamil, que já criticou grandes personalidades, foi uma delas, por exemplo.

Para a gerente de políticas públicas do Instagram, Emma Collins, é uma mudança para também lidar com o crescimento da indústria do marketing de influência. “Essa política faz parte do nosso trabalho contínuo para reduzir a pressão que as pessoas às vezes podem sentir como resultados das mídias sociais”, disse em seu comunicado.

A mudança não vai se limitar apenas ao Instagram, como também vai atingir o conteúdo do Facebook. Por lá, os jovens usuários também não poderão conferir postagens com divulgação de produtos ou serviços relacionados a perda de peso.

Leia também: CONEXA SAÚDE INOVA COM TELEMEDICINA

FONTES

1 2