Já é do conhecimento geral que o YouTube é a plataforma perfeita para o consumo de vídeos. No entanto, nos últimos anos, a empresa procurou adaptar a ferramenta para tornar a plataforma uma verdadeira rede social, acrescentando “stories” e chat entre usuários.

Porém, nesta semana, a companhia anunciou que o fim da troca de mensagens dentro da plataforma está próximo.

O encerramento da ferramenta – lançada em 2017 – está marcado para 18 de setembro. Mas alguns usuários já podem perdê-la antes da data oficial. De acordo com o próprio YouTube, até o compartilhamento de vídeos via mensagem não existirá mais.

Sobre o cancelamento do serviço, a empresa não revelou o motivo. “Estamos constantemente reavaliando nossas prioridades e decidimos descontinuar o recurso de mensagens diretas do YouTube enquanto focamos nas melhorias de conversas públicas”, explica a nota divulgada.

E parece que muitos usuários não gostaram da decisão. Muitos jovens se aproveitaram da área de comentários do aviso para reclamar sobre o encerramento. Muitos alegam que a ferramenta é o único meio de comunicação entre amigos. Outros até explicaram que, como não podem utilizar redes sociais, utilizam o YouTube como meio de conversa.

O fim da funcionalidade deve fazer o YouTube focar mais nas áreas de comentários, postagens e no próprio “stories”. Tanto que grande parte das últimas atualizações foi focada na ferramenta, com o intuito de oferecer uma experiência mais próxima do Instagram e Snapchat.

YouTube também causa o fim de anúncios para crianças

Parece que as mensagens não são os únicos encerramentos que acontecerão na plataforma. Junto com a agência reguladora Federal Trade Comission, o YouTube quer dar um fim em anúncios direcionados ao público infantil.

Ainda que a decisão possa resultar em uma perda de milhões de dólares em anúncios, seria essa uma tentativa da companhia apaziguar as acusações sobre falta de privacidade de crianças na plataforma. 

O YouTube ainda não revelou a estratégia para colocar em prática. Ou como vai determinar quais vídeos do site serão direcionados a esse público. Ainda mais com o fato desse encerramento reduzir a receita de anúncios em até 10%, o que equivale a US$50 milhões por ano. 

FONTES

1 2 3