Startup para outros mercados: Quando uma empresa já se estabeleceu em um mercado e tem um produto comprovado com um modelo de negócios funcional, pode pensar em internacionalizar sua ideia e se partir para outros mercados. 

Para alcançar este objetivo, primeiramente, é necessário ter claro que as empresas dimensionáveis:

São aquelas que têm o potencial de expandir seus negócios com custos mínimos, como a Lingokids, principal plataforma digital para aprendizado de inglês voltada para crianças entre 2 e 8 anos de idade.  

Com cerca de 10 milhões de usuários no mundo, fundada em 2016, a Lingokids descobriu seu dimensionamento em diferentes continentes.

Tendo uma balança produto/mercado favorável e que com a sua primeira rodada de investimentos em 2017  reafirmou o crescimento que uma startup precisa para quebrar limites.

Embora nem todas as empresas sejam dimensionáveis, as que possuem essa capacidade também podem não estar preparadas para isso.

Sua startup para outros mercados

Quando uma empresa pensa em explorar outros mercados, deve se certificar de que está no momento certo, de que os fundamentos da empresa são firmes, e que tem um produto sólido que pode ser exportado.

É assim que a Lingokids nos deixa alguns pontos que para levar em conta antes de se lançar nesta aventura:

 1. Digitalizar a empresa e terceirizar o que não é essencial:

Automatizar alguns processos proporciona uma maior vantagem competitiva, além de tornar o trabalho mais eficiente.

Da mesma forma, recorrer à terceirização é uma decisão razoável quando o objetivo é maior crescimento e produtividade.

Tais fatores tornam-se uma necessidade quando você pensa em ascender, tendo em conta que sua equipe deve se concentrar nas questões vitais para o crescimento dos negócios

2. Prestar atenção ao marketing:

Para uma startup se destacar na era digital, exige-se um grande investimento em relação ao marketing, tendo em vista a grande quantidade de informação que chega aos usuários.

Para chamar a atenção, a empresa precisa de especialistas na área para ajudá-la a alcançar seus consumidores em potencial de maneira mais eficaz. 

3. Ter uma equipe sólida:

O talento humano que sua empresa possui deve estar adequado. Você deve ter certeza de que tem as pessoas certas com diferentes habilidades, boas idéias e, acima de tudo, capazes de fazer a equipe funcionar bem.

Mantê-los motivados e focados em um objetivo específico fará com que seus planos de expansão atinjam os resultados esperados

4. Ter uma boa rede de aliados e parceiros estratégicos:

Estes serão os que irão aconselhá-lo, ajudarão a validar seu produto em outros mercados e facilitarão seu posicionamento no mercado em que se decide adentrar.

É imprescindível cercar-se de pessoas que podem ajudar a realizar o projeto de expansão

5. Trabalhar duro para evoluir o produto:

Não se trata de resolver todos os problemas de seus clientes, mas, oferecer uma solução adequada e seguir inovando, além de considerar possibilidades para oferecer outras soluções capazes de complementar o que você já tem. 

Claramente, ter uma estratégia de expansão real é vital quando se quer que esse processo seja bem-sucedido.

Portanto, se você já levou em conta as considerações acima, recomendamos que  procure investidores que possam oferecer suporte ao seu projeto ou, mesmo programas de aceleração que o orientem no processo. 

Sobre o convidado: Lingokids 

Lingokids é uma plataforma de aprendizado de inglês para crianças de 2 a 8 anos de idade, com cerca de 9 milhões de famílias registradas em mais de 180 países.

Nossa missão é romper as barreiras linguísticas e criar oportunidades de aprendizado equitativo para crianças em todo o mundo.

Quero Escrever um Guest Post