A série Stranger Things voltou com sua terceira temporada na semana passada. E como quem conhece, sabe como a produção ama fazer referências com coisas do passado.

Pensando nisso, a Microsoft, então, decidiu lançar um aplicativo que remete ao sistema Windows 1.11, iniciado em 1985 – ano da trama da nova temporada.

No início do mês, a empresa já havia demonstrado certo mistério com um teaser relacionado ao Windows 1.0. E como muitos especulavam, a campanha era uma comemoração ao retorno na série.

Tanto que o foco do aplicativo do Windows 1.11 é diretamente relacionado aos fãs da produção. Isso porque o conteúdo traz um aspecto de gamificação para encontrar easter eggs de Stranger Things.

A descrição do app explica que o usuário pode explorar os mistérios que assolam a cidade de Hawkins. Além de desbloquear conteúdos exclusivos da temporada e algumas surpresas mais.

Quem utilizar o app, vai também vivenciar as primeiras versões de aplicativos como o Paint. Ou até mesmo de softwares já inexistentes e do prompt de comando MS-DOS. Por remeter ao Windows 1.11, o aplicativo é recheado de bugs.

Porém, tudo intencional. Afinal, as falhas retratam tanto o sistema operacional da época, como também remete ao Mundo Invertido da série.

Volta do Windows 1.11 além da comemoração

O lançamento do app vai além da felicidade pela estreia da temporada. Isso porque a Microsoft está com vários produtos para serem comercializados pela Microsoft Store.

Os fãs vão poder adquirir desde camisetas até um gabinete arcade com o antigo logo da empresa.

Ainda assim, o principal destaque fica por conta da ação que vai acontecer com os fãs. No caso, eles vão poder visitar as lojas físicas da Microsoft e participar de desafios de programação e codificação.

O aplicativo do Windows 1.11 pode ser baixado através da Microsoft Store.

FONTE