Registro de Marca para influenciadores: O número de canais no Youtube não para de crescer. Muitos possuem temas relacionados, e por vezes parecidos. Por conta disso, é comum youtubers mais antigos serem copiados.

O que nem todos sabem é que suas marcas podem ser protegidas pela Constituição. O artigo 184 do Código Penal condena a prática do plágio e a pena de quem cometer o ato pode variar entre detenção de três meses a um ano ou aplicação de multa.

Para ter a garantia judicial é importante que os profissionais da internet busquem registrar a marca do canal.

O processo para realizar o registro é feito por meio do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O pedido pode ser feito pessoalmente ou pelo site.

No site, o requerente preencherá um formulário com as informações, pagará as taxas devidas e fornecerá as informações relativas à marca e ao segmento econômico na qual a marca se encontra.

Após essas etapas, o pedido gera um processo administrativo, que será analisado por eles.

Vantagens de registro de marca para influenciadores

Os principais fatores analisados para a liberação do pedido são: percepção do público,   inserção no segmento econômico apontado e o não infringimento do direito de outro proprietário.

O prazo, varia de 12 a 20 meses. Se o pedido da marca for concedido, o influenciador deve pagar uma taxa no valor de 298 reais para obter o registro, válido por 10 anos.

Caso o influenciador seja vítima de plágio, o profissional pode recorrer à empresa que administra a mídia social em que o conteúdo suspeito está sendo veiculado para que sejam tomadas providências legais.

Tenho tudo Registrado?

Quando lancei o Menina Executiva Show, dei entrada no registro da minha marca e depois de um ano, recebi o certificado do registro.

Aqui do StartupsStars ainda estou esperando o registro e olha que já tem quase um ano de passei as coisas para os advogados.

Bons Negócios

Talita Lombardi

Instagram Talita Lombardi

Twitter: @talilombardi

E-mail: talita@startupsstars.com

Fan Page do Startups Stars

Blog de IntraEmpreendedorismo