Lidar com haters: Ao mesmo tempo em que a internet aproxima pessoas, ela também serve como palco para discussões acaloradas e ofensas gratuitas. 

A sensação de proteção que a web proporciona faz com que os internautas sintam-se livres para expressarem opiniões hostis. Assim surgem os chamados “haters”. A palavra “hater” significa “odiadores”, em tradução livre para o português.

E, por mais que o termo seja forte, não há exageros nessa definição. Por conta da maior visibilidade, os influenciadores são os principais alvos das mensagens de ódio.

Algumas dicas para você lidar com haters:

  1. Silêncio é a melhor resposta

Receber uma ofensa é um verdadeiro teste de paciência e não retrucar é uma prova de sanidade. Mas, por mais que seja difícil, é necessário manter a compostura.

O objetivo do “hater” é justamente esse: provocar. Ao responder, o influenciador abre ainda mais brecha para se estressar e para que outros comentários apareçam.

Com bom senso duvidoso, “haters” muitas vezes encaram suas atitudes como diversão e, ao receberem atenção, vão se dedicar cada vez mais a incomodar.

Dar visibilidade para essas pessoas não agregará nada de útil ao conteúdo. Sequer as respostas irônicas são recomendadas.

O ideal é que o influenciador gaste seu tempo com o público fiel, respondendo comentários positivos dos seguidores.

     2.   Críticas construtivas

“Haters” certamente não são os melhores críticos, mas é sempre bom que o influenciador busque compreender a diferença entre uma crítica e uma ofensa.

Ao analisar os comentários negativos, o profissional pode aprender cada vez mais sobre seu público e adotar uma nova postura. Se a avaliação foi bem elaborada, educada e útil, vale a pena agradecer.

     3.    Sem desânimo

Ser influenciador envolve carisma, conteúdo e coragem. Se expor tanto em uma rede social, seja diante de uma câmera ou não, é uma tarefa difícil.

Receber uma enxurrada de comentários ofensivos realmente é desanimador para o influenciador e o pode fazer com que questione seu trabalho.

É importante frisar que essa é uma reação completamente normal, afinal de contas, ataques desse tipo, geralmente, focam em pontos fracos/sensíveis das pessoas.

Nesses momentos de “crise”, é recomendável que o profissional não foque tanto nesse ponto e se lembre de todo resultado positivo que conquistou até o momento.

Se for necessário, o influenciador pode até mesmo excluir comentários negativos que não agregam ao canal.

Em situações mais complicadas, que podem ser identificadas como injúria, difamação ou calúnia, é bom salvar prints antes de excluir o comentário como prova do ataque.   

Talita Lombardi

Instagram Talita Lombardi

Twitter: @talilombardi

E-mail: talita@startupsstars.com

Fan Page do Startups Stars

Blog de IntraEmpreendedorismo