E-commerce do Instagram

O Instagram é uma das redes sociais com maior número de usuários. Essas pessoas dedicam uma quantidade considerável de horas diárias na plataforma. Por isso, faz todo sentido que exista um e-commerce do Instagram.

Porém, não ainda não adianta se animar muito. Por enquanto o serviço, batizado de Checkout, só está disponível para usuários dos Estados Unidos.

Como funciona esse e-commerce?

Atualmente, os usuários conseguem ver publicidade no Instagram. Você está observando o seu feed e, de repente, vê a propaganda de algum produto. Caso você se interesse, você pode clicar na imagem e é aí que tudo começa.

Você é transferido para outra página, muitas vezes precisa realizar um cadastro e, nesse momento desiste da sua compra.

Por isso, o Instagram resolveu facilitar as coisas. Quando o usuário ver algo que o agrade, ele pode clicar na imagem. Isso o levará a uma página na qual mais especificações – tais como cor e tamanho – podem ser escolhidas.

Após isso, a pessoa é encaminhada para a página de pagamento. As informações de entrega já podem estar cadastradas e o produto pode ser pago com o cartão de crédito. Ou seja, tudo é realmente resolvido dentro da própria plataforma.

Portanto, essa é uma forma que o Instagram encontrou para beneficiar a si mesmo e às marcas. Além disso, é uma ótima oportunidade de realização de campanhas dentro do próprio app.

A empresa, entretanto, não quis revelar qual a estimativa de ganhos e nem quanto foi investido nessa novidade. Porém, sabe-se que a capacidade de capitalização da rede social será alta. Afinal de contas, além de marcas, influenciadores também poderão vender produtos.

Nesse momento inicial, somente 20 marcas estão participando do projeto. Entre elas podemos citar: Adidas, Prada, Nike. Porém, não deve ser assim por muito tempo.

Para que as marcas possam vender pelo Instagram, elas precisam pagar uma tarifa. Isso cobrirá todos os gastos referentes às vendas com cartão de crédito e outros tipos de taxas e impostos.

Fontes 1 e 2

Thaís Dias

Diferentão Cultural