Liberação das patentes da Tesla

Elon Musk é o CEO que decidiu liberar todas as patentes da Tesla. A decisão tem como objetivo facilitar a vida de qualquer empreendedor que queira combater o aquecimento global.

Além de liberá-las, ele ainda prometeu que nenhuma empresa será processada pelo seu uso. A única exigência é que a tecnologia seja utilizada para a proteção do meio ambiente.

Musk disse que a “Tesla foi criada para acelerar o advento dos transportes sustentáveis. Se abrirmos um caminho para a criação de veículos elétricos atraentes, mas depois colocarmos impedimentos de propriedade intelectual para inibir os outros, estamos agindo de maneira contrária a esse objetivo.”

Além disso, ele afirmou que a Tesla é uma das únicas fabricantes de carros sustentáveis. Enquanto isso, existem muitas fabricantes de carros poluentes. Portanto, é impossível competir em uma proporção que salve o mundo.

O fundador da Tesla

Nascido na África do Sul, Elon Musk estudou no Canadá e nos Estados Unidos.

Sua primeira empresa – fundada com o seu irmão – foi a Zip2, uma plataforma online de jornais. A empresa foi vendida por US$ 300 milhões e esse dinheiro deu origem ao que seria o PayPal.

Depois de três anos, o PayPal foi vendido para o Ebay. Nessa época ele tinha 31 anos, já acumulava patrimônio de $165 milhões e tinha fama de trabalhador. Ele chegou a dizer que era ideal trabalhar 100 horas semanais.

Atualmente, ele possui a Tesla, a Space X e a Solar X.

Tesla

A Tesla é uma empresa automotiva que produz veículos elétricos. Além disso, ela trabalha com armazenamento de energia, buscando novas formas de economia ambiental.

Quando a empresa foi desenvolvida, muitos acreditavam que ela seria um fracasso. Acreditou-se que a população, acostumada a usar gasolina, não aceitaria bem a novidade.

Porém, a ideia da empresa envolvia algo diferente do que se esperava. Os carros da Tesla eram como os movidos a gasolina. A estética é parte da formação deles. Além disso, também há a vontade de baratear os custos.

Por isso, a empresa que precisou de um empréstimo para não falir em 2008, deu a volta por cima. Em 2017 foi a empresa automotiva com maior valor de mercado.

Como toda empresa, a Tesla tem seus altos e baixos. Mas se manteve firme no mercado nos últimos anos.

Fontes 1, 2 e 3

Thaís Dias

Diferentão Cultural