Há alguns anos a mídia disse que a carreira dela estava acabada. Porém, 2019 nem começou e Lady Gaga já quebrou recordes. Além de artista, Gaga também é empreendedora.

Aliás, é preciso dizer que a Forbes – em 2011 – a colocou na lista “30 abaixo de 30”. Ou seja, ela era parte dos 30 maiores empreendedores com menos de 30 anos.

Em sua carreira na música, Lady Gaga inseriu uma série de estratégias.

Criação de uma marca: Lady Gaga

Lady Gaga é uma artista, uma performer e – até certo ponto – uma marca. Ela é a representação de Stefani Joanne Angelina Germanotta.

Gaga ficou conhecida por seus diferenciais. Muitas vezes ela foi chamada de extravagante, de louca, mas isso sempre a manteve na mídia. Quem não viu a roupa de carne?

Lady Gaga em 2010

Além disso, percebam que ninguém conhece a Stefani. Ela protege bem sua vida pessoal e, assim, a marca – Lady Gaga – é o que faz parte da vida das pessoas.

E não podemos nos esquecer também do fato de que ela muda. Ninguém nunca sabe qual será o próximo passo da cantora. Ela se renova, se transforma e, constantemente, surpreende a população.

Relação com o público

A relação entre a cantora e seus fãs começa nas nomenclaturas. Conhecida como “Mother Monster”, ela é amada pelos seus “Little Monsters”.

Quando Gaga fez show no Brasil, seus fãs acamparam na porta do hotel, onde ficaram esperando por um momento com ela. Eles demonstraram todo seu amor pela cantora. Ela, como agradecimento, enviou pizzas para quem estava lá.

Ou seja, a fidelidade dos fãs é, em grande parte, causada pelo fato de que eles sentem a valorização dos seus esforços.

Além disso, Gaga se mantém ativa nas redes sociais. Em suas publicações ela revela o que os fãs querem saber da artista e não da pessoa. Isso sem contar no fato de que ela não se envolveu em grandes polêmicas das redes.

Carreira sem pausas

Gaga ficou doente. Cancelou shows por causa da fibromialgia. Entretanto, sua carreira jamais foi interrompida.

Lady Gaga se manteve na mídia. Continuou criando, compondo e cantando. Além disso, investiu na carreira de atriz. E, se no início algumas pessoas zombaram disso, hoje ela pode dizer que concorreu ao Oscar de Melhor Atriz.

Aliás, o ano de 2019 tem sido maravilhoso para ela. Sua música Shallow é a mais premiada da história, tendo vencido 32 vezes. E, além desse fato, ela é a primeira artista a ganhar cinco premiações na mesma temporada.

Tem como dizer que não é uma carreira de sucesso?

Fontes 1 e 2

Thaís Dias

Diferentão Cultural