O que é diversidade?

Não existe muito segredo com relação a “O que é diversidade?”. A palavra é meio autoexplicativa, refere-se ao que é diverso, diferente.

Refere-se a diferenças de gênero, idade, raça, cultura etc. Ou seja, é um grande desafio para a empresa e para os funcionários. Entretanto, o negócio e seus colaboradores só tem a ganhar com a prática de aceitar o próximo.

Estudos recentes, inclusive, chegam a afirmar que os consumidores buscam a diversidade nas marcas. Atualmente, a população dá muito mais importância para isso. Especialmente quando nós falamos em campanhas.

O diverso proporciona a representatividade de vários grupos. Isso pode gerar empatia no consumidor.

Porém, antes de investir em diversidade para campanhas, pode ser melhor investir em diversidade dentro da empresa. Afinal de contas, entender sobre um assunto significa estar em contato com ele.

Empresas

É importante esclarecer uma coisa: ter funcionários diversos não é sinônimo de ter diversidade.

Para que um local possa ser considerado diverso é importante que todas as pessoas se sintam representadas. Ou seja, é essencial que todos os funcionários, independente de suas particularidades, sintam que sua voz é igualmente valiosa.

A diversidade só é alcançada quando há pluralidade de ideias e, portanto, de vozes.

Sinônimo de crescimento

Se diversidade depende da pluralidade de ideias, nós podemos perceber que ela acarreta em mais criatividade. Pessoas que pensam diferente, conseguem observar os acontecimentos por outros pontos de vista.

Assim, a produção de ideias assertivas e interessantes é muito mais fácil. Grupos diversos podem ser complementares. Isso acontece pelo fato de que cada um pode contribuir com realidades que nem sempre existem nas mesmas regiões.

Portanto, a empresa tem mais chance de atingir públicos diferentes. Além disso, os funcionários crescerão enquanto profissionais, podendo contribuir ainda mais para o sucesso dos negócios.

Pode parecer exagero, mas um estudo publicado na revista “Harvard Business Review” afirmou que empresas onde há multiplicidade os conflitos diminuem em 50%. Além disso, o engajamento dos funcionários é 17% maior, quando comparado com outras empresas.

Fontes 1 e 2

Thaís Dias

Diferentão Cultural