Hackeamento de empresas

Cada vez mais aumentam os casos de hackeamento de empresas. Sempre atribuiu-se esse fato à falta de segurança cibernética. Entretanto, uma pesquisa mostra que a pornografia é uma das causas.

Em 2016, por exemplo, os ataques virtuais causaram prejuízo de 30 bilhões para as empresas brasileiras. Em 2017, o Brasil ocupava a nona colocação no ranking mundial de ataques virtuais.

A falta de proteção dos sites – especialmente e-commerce – sempre foi apontada como uma das responsáveis por esse fato. Porém, agora observa-se que a negligência não é apenas das empresas.

Funcionários também podem ser responsáveis pelas invasões. Dois motivos são considerados principais para justificar essa afirmação:

1 – o fato de que muitos brasileiros assistem a conteúdo adulto com o computador da empresa;

2 – o uso de wi-fi público.

Um a cada quatro homens vê pornografia com o computador da empresa

A Kaspersky Lab, empresa multi nacional de cyber segurança e antivírus, fez uma pesquisa sobre hábitos no trabalho.

Nas empresas Latino Americanas é comum os funcionários acessarem contas pessoais na empresa. Inclusive, para fazer compras. Entretanto, o que a pesquisa aponta como mais perigoso é a quantidade de acessos a sites pornográficos.

Levando em consideração só a América Latina, a pesquisa mostrou que os homens brasileiros estão na segunda colocação quando o tema é conteúdo adulto no computador da empresa.

De acordo com a Kaspersky Lab, alguns desses sites de filmes estão preparados para coletar dados.

O ranking masculino da América Latina mostra que os que mais acessam esse tipo de conteúdo são:

Peru – 26%

Brasil – 24%

Argentina – 19%

México – 19%

Chile – 14%

Colômbia – 12%

Com relação à mulheres, a realidade é a seguinte:

Colômbia – 13%

Peru – 10%

Brasil – 9%

México – 9%

Argentina – 7%

Chile – 4%

Apesar dos dados, os pesquisadores afirmam que não adianta tentar proibir o acesso a sites adultos. Afinal, teoricamente, todos sabem que esse tipo de site é proibido em ambientes empresariais.

Por isso, é mais eficiente conscientizar quanto aos riscos que isso pode causar. Além disso, é importante que todos saibam efetivamente quais são as perdas para os funcionários em caso de hackeamento de empresa.

Vocês também ficaram surpresos com o resultado da pesquisa?

Fontes 1 e 2

Thaís Dias

Diferentão Cultural