Áudio em 8D: saiba como a tecnologia funciona

Você sabia que dá pra ouvir um áudio em 8D? Já ouviu alguma música com essa tecnologia? Elas estão amplamente disponíveis na internet e a experiência é muito boa. Mas você sabe como ele funciona?

É preciso que uma coisa fique clara desde o princípio: só é possível perceber o efeito 8D se você estiver usando fone de ouvido.

O áudio em 8D permite que a pessoa tenha uma experiência mais imersiva na música.

Além de fazer a reprodução no plano horizontal – que é o comum – o áudio em 8D cobre o som acima e abaixo do ouvinte. Essa técnica dá a impressão de que a pessoa está ouvindo a música no ambiente e não no fone de ouvido.

Conquistando cada vez mais espaço na internet, a técnica já pode ser apreciada em diversos canais do YouTube.

Estes, usaram o áudio para transformar músicas conhecidas pelo público.

https://www.youtube.com/watch?v=RjmgXBgpIfQ

Origem do áudio em 8D

Por mais que seja um sucesso na atualidade, esse tipo de áudio não foi desenvolvido agora. Talvez fãs de bandas como o Pink Floyd saibam que, na década de 80, eles já faziam uso dessa tecnologia.

Porém, nessa época, a tecnologia descoberta pelo argentino Hugo Zucareli era conhecida como ambisonic.

O que Zucareli fez foi criar um sistema que desse a impressão de que o som estava saindo de vários pontos diferentes. Portanto, quando o nosso cérebro processa o que está acontecendo, a sensação é muito diferente, como se a pessoa fosse “envolvida” pelo áudio.

Em sua pesquisa, Zucareli conseguiu provar que a audição humana é capaz de captar o som em espaços com 360º. Por isso, o áudio em 8D é mais agradável para nossa audição do que um áudio linear.

Kit da Neumann para criação de áudio 8D — Foto: Divulgação/Neumannlinear.

Como é feito esse tipo de som?

Para que um áudio já seja gravado em 8D é utilizada uma cabeça artificial. Nela, estão posicionados dois microfones, com distância de 18cm.

Exitem kits de gravação para áudio 8D. Porém, atualmente existem softwares que fazem o trabalho muito bem. Nós podemos citar, por exemplo, os programas Audacity e Ambeo Orbit.

Em vídeo

Fontes 1 e 2

Thaís Dias

Diferentão Cultural

Compartilhe:

Thaís Dias

Thaís Dias do Carmo tem 25 anos, é formada em Letras português/italiano na USP e também é atriz. Na Influu atua na área de criação de conteúdo.

Artigos relacionados