Oportunidade para estudantes: O LinkedIn é a maior rede social para contatos profissionais. Desde de 2015, o LinkedIn tem um programa para transformar estudantes em embaixadores do LinkedIn em seus locais de estudo. Agora, o programa chegou no Brasil.

Ao redor do mundo o programa já contou com cerca de 200 estudantes. A ideia é incentivar os estudantes de ensino superior a escrever e compartilhar conteúdos próprios na rede social.

O embaixador escolhido será responsável pela mobilização dos colegas. O LinkedIn deseja ter artigos postados do ponto de vista dos alunos. É interessante postar conteúdos que abordem:

  • Quais os obstáculos enfrentados pelos estudantes;
  • Quais os assuntos importantes para os universitários;
  • Os sonhos que uma pessoa que ainda está estudando pretende realizar;
  • Quais decisões eles acreditam que serão necessárias para uma carreira de sucesso.

Além disso, o embaixador poderá ficar próximo dos editores do LinkedIn. Isso permitirá que eles tenham uma visão privilegiada de como o conteúdo da rede social é produzido e quais são os passos seguidos para essa produção.

Entre as universidades que já passaram pelo programa, podemos citar: Stanford University, UC Berkeley, Indian School of Business e Maryland Institute College of Art etc.

Oportunidade para estudantes: as inscrições

As inscrições para o programa estão abertas até o dia 26/10. Você pode fazê-la clicando aqui .

Podem se inscrever estudantes universitários, matriculados em algum curso de graduação e que tenham formatura prevista para dezembro de 2019.

Além disso, os estudantes precisam ter um perfil no LinkedIn.

As obrigações do embaixador

Quem for selecionado tem a obrigação de produzir conteúdos para serem postados na rede social (pode ser conteúdo escrito ou em vídeo). Também é preciso engajar os colegas e contatar professores e administradores da faculdade para a conscientização sobre a importância de publicações no LinkedIn.

As vantagens

O embaixador terá direito ao uso da conta Premium. Além disso, de acordo com ex-participantes, o programa é capaz de deixar a pessoa mais confiante em suas habilidades e ainda abre portas no mercado de trabalho.

A equipe do LinkedIn será responsável pela seleção dos candidatos.

Fonte

Thaís Dias

Diferentão Cultural