Olá,

nossa entrevista de hoje foi respondida pelo Thiago Abreu, sócio fundador da Gamesport. Essa é uma startup de Belo Horizonte (MG) criada para ajudar na profissionalização de gamers. A Gamespot reúne, em seu site, competições, cursos, jogos, eventos, equipes, mercado etc.

1 – O que é a Gamesport e como surgiu a ideia?

A GameSport trabalha com cursos, equipes, campeonatos, marcas, produtos e marketing, todos voltados para o mercado de esportes eletrônicos (mais conhecido como e-sports). Desde o início dos anos 2000, quando as lan houses viraram a mania entre os jovens, eu olhava para todas aquelas pequenas competições de jogos, imaginando como isso poderia se tornar um esporte, praticado em todo mundo e realizando grandes campeonatos.

E hoje, o mercado dos esportes eletrônicos, está cada vez mais forte no exterior, porém no Brasil ainda temos muito o que desenvolver e trabalhar para que se torne algo profissional. Daí surgiu a ideia de criar a GameSport: fortalecer, desenvolver e profissionalizar os e-sports no cenário nacional.

2- Já recebeu prêmios? Investimentos?

Estamos na fase inicial da Startup, desenvolvendo alguns projetos e trabalhando em prol do cenário brasileiros de e-sports. Nosso foco é construir uma comunidade forte, que englobe todas as partes envolvidas com os esportes eletrônicos, por isso, nessa fase inicial, os investimentos foram feitos pelos sócios para realizar o projeto e lançar o MVP.

Agora com a ideia e o planejamento consolidado, estamos em busca de investidores e programas de aceleração para a marca se fixar no mercado.

3 – Qual foi o primeiro passo para tirar a ideia do papel?

Determinação foi a palavra chave. Em um mercado altamente desafiador e novo, é difícil manter o mesmo entusiasmo, por isso é preciso ter muita determinação e foco no trabalho. É um nicho pouco explorado, então é preciso ter muita coragem para desenvolver coisas novas, que nunca foram testadas e que, ao mesmo tempo, nos gratifica por sermos pioneiros em certos lançamentos.

4 – Qual o momento da Gamesport?

Já temos alguns produtos lançados e o portal completo, agora é o momento do branding. Nesse mercado de e-sports, o mais importante é o fortalecimento da marca e a aproximação dela com o público. O nosso objetivo é estar presente de forma constante em eventos, feiras e nas redes sociais para oferecer a melhor experiência para a comunidade de e-sports.

Ter bons parceiros é fundamental nessa área, por isso analisamos todos os aspectos para fechar parcerias de sucesso.

5 – Como enxerga sua startup em 02 anos? 

O potencial é enorme, baseado no tamanho do nosso país, junto com o engajamento da comunidade de e-sports. O público é muito apaixonado por jogos, e se envolve de maneira muito forte com as competições. Porém, do mesmo jeito que amam, podem também odiar certas marcas.

Por isso, nessa fase inicial é preciso fazer tudo certo, sem erros nos próximos 2 anos, que será de total crescimento em um mercado que cresce cada dia mais e mais. A

expectativa é que esse mercado feche 2018 com cerca de 1 bilhão de dólares em lucros.

6 – Qual o modelo de negócios?

Atualmente focamos em pontos chave do negócio:

  • Players e equipes – onde oferecemos cursos e treinamentos on-line para melhorar as habilidades de jogadores amadores, casuais ou entusiastas;
  • Equipes já formadas – atuamos também em consultoria para a profissionalização e fortalecimento dos times;
  • Eventos, Campeonatos e Marketing – onde organizamos campeonatos profissionais ou amadores e apoiamos torneios de parceiros;
  • Contribuímos para a divulgação, planejamento e expansão de outras marcas que desejam criar ações de marketing e patrocínio, envolvendo os e-sports.
  •  Produtos físicos dos jogos competitivos, que estão disponíveis para a compra em nossa loja on-line e nos eventos que participamos. Todos produzidos com qualidade por empresas parceiras.

7 – Por que escolheu o mercado no qual está inserido?

É um mercado emocionante e novo. Assim como nos esportes tradicionais, os campeonatos são extremamente competitivos, reúnem uma torcida apaixonada com enormes premiações. As equipes e organizações estão se tornando cada vez mais profissionais, com patrocínios, uniformes, equipamentos e muito mais.
No Brasil ainda temos muito o que desenvolver, e essa é a nossa meta, ajudar a profissionalizar o cenário brasileiro de e-sports.

O grande desafio é trabalhar de forma personalizada com cada jogo, seja League of Legends, Counter-Strike, Fortnite, PUBG, Dota2, FIFA, ou qualquer outro, cada um tem uma comunidade forte de players engajados que amam o que jogam.

8 – O mercado que atua possui diversos concorrentes, qual seu diferencial?

O nosso grande diferencial é poder se adaptar e fornecer cada vez mais para o mercado de e-sports. Podemos ir desde produtos – como servidores, equipamentos, periféricos, uniformes -, até serviços – como organização de campeonatos, cursos e treinamentos exclusivos, consultoria para equipes e players, desenvolvimento de ações de marketing e patrocínio para empresas e muito mais.

9 – Por que decidiu empreender?

O desejo de fazer algo que fosse meu sempre foi grande  e aliar isso a uma paixão que tenho desde garoto é uma sensação espetacular. A decisão de juntar duas áreas que adoro, o empreendedorismo e os games competitivos, foi o que motivou a criar a GameSport. Mais que um trabalho, empreender é um estilo de vida, que depois que começa não quer mais parar, você vive isso 24 horas por dia.

Para os leitores do StartupsStars vamos oferecer 50% de desconto no curso Diamante de League of Legends ou de Counter-Strike: Global Offensive. Basta usar o código STARTUPSSTARS50

Estamos abertos a parcerias estratégicas, equipes, produtoras de jogos, empresas, investidores e muito mais! Quem tiver alguma ideia interessante a ser desenvolvida na área de e-sports ou de algum jogo específico, é só entrar em contato com a gente pelo site.

URLhttps://gamesport.com.br/

FanPage: https://www.facebook.com/sitegamesport/

 

*O conteúdo do Startup da Vez é publicado pelo StartupsStars sem qualquer alteração nas respostas fornecidas pelas startups participantes e de exclusiva responsabilidade dos próprios.

Quero participar do Startup da Vez!

Thaís Dias

Fan Page do Startups Stars

Instagram do SS

Blog de Empreendedorismo

Startups Stars no Google +