Uma ferramenta cada vez mais necessária

2017 foi um ano em que ficou claro que as empresas precisam investir em cibersegurança. Ataques de grandes hackers deixaram claro que boa parte das empresas não estão prontas para garantir a segurança dos seus dados e de seus clientes.

Uma vez que as informações já tiverem sido divulgadas, o rastreamento é praticamente impossível, por isso, para manter a credibilidade e a confiança de clientes, é imprescindível que as empresas invistam em esquemas de segurança.

A cibersegurança é mais complicada hoje em dia, uma vez que, todos nós estamos conectados através de redes móveis de internet. Smatphones, tablets, notebooks, Iphones, tudo isso gera novos arquivos, que costumam ser salvos em uma nuvem e que estão à disposição de muitas pessoas, dificultando de forma grandiosa a vida do profissional que será responsável pela segurança desses documentos.

Em um caminho sem volta, as empresas procuram por profissionais que possam oferecer não apenas o básico, mas também, inovações e, principalmente, técnicas que sejam realmente efetivas.

A falta de profissionais qualificados

De acordo com o relatório Cybersecurity Talent : The Big Gap in Cyber Protection – feito pela Capgemini, uma grande empresa de consultoria – há uma carência cada vez maior nessa área. O relatório afirma que investir em segurança da internet é tão imprescindível que, daqui a alguns anos, as empresas que tiverem conseguido profissionais capacitados na área estarão muito mais desenvolvidas do que as outras.

As informações do relatório revelam que 68% das empresas inquiridas afirmou precisar de mão de obra especializada em cibersegurança; 61% precisa de profissionais na área de inovação e 64% precisam de mais competências analíticas.

Essa tendência deve aumentar nos próximos dois ou três anos e, de acordo com as previsões, em 2020, a maioria das empresas já deve ter seus planejamentos bem estabelecidos.

Mesmo as empresas que já tem profissionais focados no combate aos crimes da internet, relatam que muitos ainda não tem o perfil ideal para fazer uma  defesa eficaz dos dados de clientes e empresas.

É importante pensar na questão de segurança de uma forma mais abrangente, pensando não apenas nos arquivos e dispositivos que se encontram dentro da empresa, mas em qualquer tipo de dispositivo (Smartphone, por exemplo) que tenham acesso direto aos projetos e contratos empresariais.

A Capgemini listou quais são os quatro pilares para as estratégias das empresas:

  • Integrar a segurança em todas as áreas da empresa

Desenvolva um código seguro. Mantenha todos os seus projetos em segurança desde o começo. Permita que os seus operadores criem os esquemas de segurança a  partir da base do projeto, dessa forma, eles terão mais segurança e conhecimento a respeito de tudo o que está sendo feito.

  • Maximizar as competências já existentes

Observe os funcionários que você já tem e perceba como eles estão trabalhando para tentar proteger a empresa. Pode ser que você ainda não tenha um projeto e um funcionário prontos, mas sim, algo que, se bem trabalhado, pode trazer ótimos resultados.

  • Pense fora da caixa na hora de recrutar seu talento de cibersegurança

É importante perceber que nem sempre as formas tradicionais de recrutamento de funcionários servem para todas as áreas. A cibersegurança é uma capacidade relativamente nova e é importante descobrir qual é o talento necessário para isso. Uma habilidade necessária é a de procurar padrões e isso é ótimo em candidatos que se especializaram em matemática, por exemplo.

  • Mantenha os seus funcionários

Nós vivemos em um mundo cada vez mais competitivo e é função da empresa evitar que os seus talentos saiam em busca de uma oportunidade melhor.

 

Fonte: http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=47363&sid=46#.Wpq57ejwbIU
https://www.computerworld.com.pt/2018/03/01/capgemini-confirma-falta-de-profissionais-de-ciberseguranca/https://www.capgemini.com/resources/cybersecurity-talent-gap/?utm_source=pr&utm_medium=social&utm_content=cybersecurity_none_link_pressrelease

Thaís Dias

Fan Page do Startups Stars

Instagram do SS

Blog de Empreendedorismo

Startups Stars no Google +