Oi gente!

Uma startup mineira vem para estrear nosso sábado! A Landmark é um marketplace, focado em economia compartilhada. Mas para explicar detalhes da empresa, o Carlos Theofilo, CEO e co-fundador, respondeu nossa entrevista, confiram!

O que é a Landmark e como surgiu a ideia?

A Landmark é um social marketplace com recursos da economia compartilhada. Sempre gostei de ler e estudar sobre economia e a algum tempo buscava algo diferente, que pudesse romper os padrões econômicos atuais, que estão exaurindo o planeta e as pessoas. Não sei precisar quando, mas me deparei com a economia compartilhada e sua proposta de substituir o valor-posse pelo valor acesso. Ou seja, permitindo as pessoas usufruírem de bens e serviços sem impulsionar o consumo desenfreado.

Comecei a usar a economia compartilhada no meu escritório de advocacia, e a vontade de expandir essa atuação veio naturalmente. Entretanto, não encontrei um ambiente que viabilizasse essa expansão. A Landmark surge dai, disponibilizar para os usuários um ambiente de negócios voltado para a economia compartilhada (ou colaborativa), para desenvolver produtos, ideias e projetos e ainda poder comercializá-los.

Qual foi o primeiro passo para tirar a ideia do papel?

Formar um time altamente qualificado. Não existe nenhuma empresa pequena operando um marketplace. Todas são

landmark logo

gigantes e faturam bilhões. Por isso, montei um time altamente qualificado. Todos são profissionais de sucesso. Não acredito que exista outra startup que tenha formado um time desse nível antes de o produto estar pronto.

Qual o momento da empresa?

Atualmente estamos atuando em três frentes: Desenvolvimento da plataforma online; busca de parceiros nos Estados Unidos, Canada e Reino Unido, para lançamento em conjunto da plataforma; E, divulgação da economia compartilhada na nossa página e redes sociais.

Qual o modelo de negócios da startup?

Geralmente as startups tem um modelo de negócio parecido. Começar pequeno, simples e crescer rápido. Entretanto, adotar esse modelo se mostrou um desafio, pois não existem marketplaces pequenos ou médios e com pouco tempo de existência. São todos gigantes e com mais de uma década de atuação, em tese não daria para competir.
Novamente volto para economia compartilhada, como solução. A reposta: Fragmentamos nossa operação em regiões (ou países) com parceiros estratégicos responsáveis pelo desenvolvimento local da Landmark e que participarão dos resultados obtidos naquela região.

Por que decidiu empreender?

Empreender para mim é algo natural, que nasce do inconformismo com alguns dos padrões vigentes e com a vontade de deixar para um mudo algo legal, que possa trazer algum beneficio para as pessoas.

DESCONTO

Os leitores que se cadastrarem no nosso site (www.flylandmark.com) devem colocar no campo indicação “Startup da vez”. Assim que plataforma estiver operante, vão receber 10 pontos no ranking colaborativo.

URL: http://www.flylandmark.com/

Fanpage: https://www.facebook.com/flylandmark

Twitter: www.twitter.com/fly_landmark

Quero participar do Startup da Vez!

Beijos

Talita Lombardi

Instagram Talita Lombardi

Twitter: @talilombardi

E-mail: talita@startupsstars.com

Fan Page do Startups Stars

Blog para Empreendedoras

Youtube para Empreendedores