Oi gente!

Essa semana, vi um vídeo que me deixou muito emocionada, sobre a startup List-It do jovem empreendedor Davi Braga. O amigo Flávio Estevam compartilhou o link no grupo do Whatsapp que participamos, somos alguns startupeiros de todos os lugares do Brasil. Na mesma hora eu, que não sou de falar muito no grupo, “bati palmas” e disse: conheço!

Logo quando acordei vi uma coisa engraçada no blog: a quantidade de acessos para a entrevista que eu fiz com o pai do Davi, o João Kepler, no ano passado. Para quem não conhece, peço que leia a entrevista e fique “a par” de saber mais detalhes.

Dentro de diversos grupos, percebi opiniões em diferentes ângulos e algumas bem cruéis. Alô!!!! Você conhece o Davi? Já foi à uma palestra dele? Já conversou com ele sobre negócios? Você sabe a diferença entre faturamento e lucro real? Já ouviu falar em networking? Sabe que a família dele é bem conhecida por serem empreendedores?

Depois de conseguir responder todas as respostas, veja novamente o vídeo e se orgulhe. Não apoio a mídia

Davi Braga na DemoBrasil

Davi Braga na DemoBrasil

sensacionalista, mas qual o público que queremos atingir? Falem a verdade… A massa… Que não faz a mínima ideia do que seja uma startup. Como você promove a curiosidade dessas pessoas? Se soubéssemos, talvez o custo de aquisição de usuário no Brasil, não fosse tão alta.. Mas a grande mídia ainda sabe como cativar o telespectador.. Se tivéssemos mais espaço na imprensa, talvez, menos startups morreriam, pois ainda, precisamos construir nossa rede de early adopters, que tem até medo de usar o cartão na hora de usar um app de táxi.

Nós que já somos empreendedores sabemos de como as coisas funcionam e temos o dever de nos apoiar mais do que nos atacar. Quantas reportagens eu vejo de startups bem maiores assim “faturou X milhões” e nesses casos, não existem receitas para as empresas.. E eu não vejo tantas críticas. Talvez seja parte de panelas que o Brasil se dividiu e que eu não apoio nem uma delas. Apoio falar de negócios e quem me conhece sabe disso.

Aos 14 anos eu já recebia salário, mesada, estudava e jogava video game.. Enquanto minha irmã começava a ir para festas. Sempre fui precoce e não me arrependo de ter pulado várias etapas da vida, por querer desde nova, ganhar meu dinheiro.

Críticas são sempre bem-vindas, mas julgamentos eu acho desnecessários… Só quem sabe o quanto que trabalha, é quem vive isso, nem quem está por perto, tem a certa noção de quanto cada um de nós nos dedicamos ao dia a dia de nossas empresas.. O resultado que cada um colhe, sendo pela mídia ou por qualquer outro meio, como investimentos é imensamente proporcional à capacidade, conexões e negócios feitos.

Davi, João e família (os irmãos do Davi também são empreendedores, para quem não sabe), um beijo pra vocês!

Talita Lombardi

Instagram Talita Lombardi

Twitter: @talilombardi

E-mail: talita@startupsstars.com

Fan Page do Startups Stars

Blog de Empreendedorismo

Startups Stars no Google +