Boa tarde, meu povo! Como você estão?

A nossa startup convidada de hoje é a luso-brasileira SPscom – plataforma que permite a organização e consulta da documentação de sua empresa. A solução é voltada para a gestão da informação de toda a parte burocrática do negócio  e,  ainda, atua na criação dos próprios modelos de documentos e faz a captura documental de forma descentralizada. Quem conversou conosco foi o cofundador e CTO do negócio, Alex Alves Bordalo. Confira como foi o nosso bate-papo.

1 – O que é sua startup e como surgiu a ideia?

A proposta de valor do Docubox é melhorar o resultado das empresas através da desmaterialização do processo, melhoria da produtividade, redução de custos e compliance, transformando a informação em suporte analógico para o digital com seus dados devidamente organizados.

Através da sua plataforma browser é possível organizar e consultar toda a sua documentação, de forma rápida e amigável, atribuindo vantagem competitiva e economia às empresas. Diferente dos sistemas tradicionais, com o Docubox é possível criar os seus próprios modelos de documentos e fazer a captura documental de forma descentralizada.  A ideia surgiu da falta do processo de captura inteligente de documentos adotadas pelos softwares de gestão documental.

2 – Como enxerga sua startup em dois anos? Tem potencial de crescimento?

O nosso mercado é amplo. Trabalhamos com empresas de qualquer porte que ainda utilizam processos manuais de gestão da informação. Só no Brasil são gerados 20 bilhões de documentos anualmente. Mercado é o que não nos faltará.

3 – Por que escolheu o mercado no qual está inserido?LOGO

Diversas empresas investem muitos recursos – tempo, profissionais e maquinário – na gestão da informação empresarial, pois identificam que a chave da competitividade e produtividade de qualquer negócio reside no controle da informação e do conhecimento.

Os gastos com gestão da informação que a maioria das empresas investem é muito alto, porém de baixa eficácia. O tempo que os funcionários desperdiçam com o manuseio, impressão e digitalização de documentos, captura de dados e localização de arquivos digitais podem levar não só à confusão, como ao comprometimento da qualidade e totalidade da informação.

Com base nesse cenário e com um portfólio de serviços orientado às necessidades atuais da gestão da informação do mundo corporativo, a SPSCOM disponibiliza ao mercado soluções que geram grande economia de recursos, mas também contribuem para a disseminação da informação. Compreendendo todo o processo de gestão de documentos da empresa, estes serviços enquadram desde a produção/impressão e digitalização de documentos e captura de dados, validação, armazenamento até a busca de dados em ambiente online.

4 – O mercado que atua possui diversos concorrentes, qual seu diferencial?

Os nossos concorrentes são players mundiais, como Kofax e ABBYY. De todas as empresas nacionais que eu avaliei, nenhuma delas é acreditada pelo mercado de gestão de documentos. O produto foi criado sem metodologia e sem auditoria de qualidade. São aventureiros que pensam que criaram uma solução de GED, mas que não passariam no crivo de um compliance.

Seguem abaixo os nossos diferenciais:

• Software produzido ao abrigo do consórcio Moreq2;
• Criação de uma base de dados para cada cliente;
• Plataforma browser;
• Possibilidade de customizar DLLs para validação de determinados campos;
• Amplo controle de indexação por campo;
• Criação de formulários de forma dinâmico;
• Preço mais baixo do mercado;
• Captura descentralizada;
• OCR zonal e pesquisa tipo Google;
• Integração fácil com software de terceiros;
• Empresa luso-brasileira.

URL: www.spscom.com.br

Fase: Internacionalização da empresa

Facebook: www.facebook.com/spscom.corp

Linkedin: www.linkedin.com/company/spscom

Instagram: instagram.com/spscom/

Henrique Schmidt

contato@lapresse.com.br

LaPresse – Assessoria de Imprensa para PME e Startups

Fan Page do Startups Stars