Fala pessoal! Mais um Radar SL com a news do ecossistema startup! E hoje nos vamos conversar sobre as Startups da Unicamp que faturam mais de 1,5 bilhões anualmente, a startup mineira I2O que foi vice-campeã em competição promovida pela MIT e da Startup Vibezone.

[youtube id=”https://youtu.be/jx0uCN91-X0″ width=”600″ height=”350″]

Gostou? Se inscreva!

E o primeiro assunto de hoje é sobre as lucrativas startups da Unicamp.

A Unicamp vem se destacando entre as universidades brasileiras por ser uma das que mais apoia o surgimento de startups,  Ao todo já foram apoiadas mais de 316 empresas, sendo que 244 estão em atividade.

Este trabalho é feito pela Unicamp através da sua agência de inovação, a Inova. A Inova dá suporte para a criação e desenvolvimento de startups, identificando oportunidades e promovendo atividades de estímulo à inovação e empreendedorismo.

Recentemente a Inova fez um levantamento e descobriu que essas startups juntas estão gerando cerca de 15 mil empregos e faturam, anualmente, mais de 1,5 bilhões de reais.

E o mais interessante é que entre as empresas apoiadas pela Unicamp 80% são micro e pequenas empresas e o restante são empresas de médio e grande porte.

Startup mineira é vice-campeã em competição do MIT!

A startup brasileira I2O ficou em segundo lugar no MIT Global Startup Workshop, competição internacional promovida pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts),  e ainda recebeu menção honrosa por sua participação.

O MIT Global Startup Workshop é um evento anual sobre empreendedorismo e construção de um ecossistema empreendedor global, com intuito de construir um sistema de apoio para os empreendedores, através de debates, palestras e workshops com os principais lideres mundiais a respeito de empreendedorismo, além da sua competição com startups.

Este ano o evento ocorreu na Guatemala entre os dias 25 a 27 de março e a startup mineira I2O, criada pelos empreendedores Gustavo Garcia, Antônio Júnior e João Marinheiro ficou em segundo lugar na competição este ano.

A I2O é uma startup que faz o monitoramento de linhas de produção, através de um hardware instalado na linha de produção e de um software que converte os dados captados em indicadores de inteligência, a fim de auxiliar empresas em processos de tomada de decisão.

Auxiliando nas decisões estratégicas, a fim de diminuir custos e aumentar margens de lucro, e também nas decisões operacionais, para melhorar o desempenho de produção.

Também comentamos sobre a startup da vez, a Vibezone, onde seu CEO foi entrevistado por nós do Startups Stars, então dá olhada neste bate-papo bacana com o Italo Matos.

Se você gostou deste conteúdo, comente e compartilhe!

Até a próxima!

Layon Lopes, advogado especialista em direito empresarial e apaixonado por empreendedorismo.

Curta nossa página no Facebook!          Siga nosso Twitter!                 Silva Lopes Advogados