Boa tarde, pessoal! Tudo bem com vocês?

A nossa startup convidada de hoje é a paulista Pet Mob, que esteve presente na 8ª Campus Party, ficando entre os 25 melhores projetos do evento “Maratona de Negócios”. A ideia da plataforma é auxiliar os donos de animais a cuidarem melhor de seus leais companheiros, ajudando no controle de vacinas, rações e, até mesmo, do peso correto. Quem conversou conosco foi o CEO e fundador do negócio, Wagner Alves. Veja como foi o nosso bate-papo:

1 – O que é sua startup e como surgiu a ideia?

A ideia surgiu a partir de um problema que tenho com meu cão em casa: nunca tive um controle fiel das vacinas, ração, peso adequado e, após passar vergonha no veterinário por conta disso, percebi que é um problema global. Nosso objetivo hoje é ajudar o país inteiro a cuidar melhor de seus animais e ter uma aproximação maior deles.

2 – Qual o momento de sua startup? Como a enxerga daqui a dois anos?

No momento estamos buscando investidores, não somente pelo lado financeiro, mas pelo lado da estratégia e do crescimento. Queremos alguém que nos mostre e nos ajude verdadeiramente para que possamos alcançar um grande nível de escalabilidade com o projeto.LOGO PET

Vejo a Pet Mob já atuando forte no mercado daqui a dois anos. Nesse ano estamos estruturando toda a plataforma web para atender com qualidade todos os usuários. Nossa meta inicial é agregar um grande número de usuários no sistema para poder apresentar aos donos de Pet Shops para que eles tenham interesse em anunciar seus serviços na nossa plataforma. Temos um potencial enorme de crescimento, pois é uma necessidade pública, possui uma grande aceitação do público sobre a startup e em sua grande maioria já busca por mais informações sobre o projeto.

3 – Por que escolheu o mercado no qual está inserido? Qual é o seu diferencial frente aos concorrentes?

Estamos atuando no mercado de Pets. É um mercado que teve um faturamento de aproximadamente R$ 17 bilhões no Brasil em 2014, um aumento de quase 8% em relação ao ano anterior de acordo com a ABINPET.

Nossa idéia é divulgá-los em nosso sistema que será mobile e também web app, de modo que as pessoas possam avaliá-los de acordo com seus serviços prestados, aumentando a credibilidade dos estabelecimentos e, consequentemente, mais clientes.

4 – Por que decidiu empreender?

Decidi empreender pela vontade de ajudar os animais e de provar para as pessoas o quanto os animais podem trazer benefícios para seus lares e suas famílias, do quanto eles merecem ter uma atenção especial, principalmente, referente á sua saúde, acredito que a tecnologia será essencial nessa luta.

Facebook: www.facebook.com/petmobweb

Fase: Em busca de investimento

Twitter: twitter.com/pet_mob

Henrique Schmidt

contato@lapresse.com.br

LaPresse – Assessoria de Imprensa para PME e Startups

Fan Page do Startups Stars