Boa tarde, pessoal!

A startup que retorna ao blog nessa quarta é a Pip!, uma rede social de comida que nasceu em Jaraguá do Sul (SC). A rede social já passou aqui pelo nosso blog, em agosto de 2013 (Ler entrevista anterior). Imaginem, gente: rede social + comida… Isso é pura felicidade. Quem conversou conosco foi Guido Jackson, co-fundador e responsável pelo Comercial e Marketing da empresa.

1 – Desde que tivemos a nossa primeira entrevista, quais foram os principais desafios enfrentados?

Execução. É a grande lição aprendida, transformar uma ideia num produto e este produto numa empresa

2 – De lá pra cá, já participaram de algum programa de aceleração ou receberam aporte que tenha sido crucial para o crescimento do negócio? Como foi a experiência?

Não. Nossa empresa tem como meta crescer mais e consolidar-se em bootstrapping, para o futuro não descartamos, mas antes queremos viabilizar o negócio e fazê-lo caminhar com suas próprias pernas.

3 – Se tivessem que elencar os principais erros que cometeram no início da carreira empreendedora, quais seriam?

Falta de desenvolvedores na equipe e integrantes da equipe sem comprometimento com a execução.

4 – Qual foi a decisão mais difícil que tiveram que tomar enquanto empreendedores de startup?

De readequar o quadro societário para um mais adequado à execução e com perfil que atendesse aos diversos papéis complementares da empresa. Desenvolvedores e Hustlers.

5 – Quais lições empreendedoras você daria para quem quer tirar a ideia do papel?

Foque em fazer, e rápido. Execute o produto e venda, gastando menos do que tem.

 

URL: http://pip.pe/

Fase: Escalando

Facebook: https://www.facebook.com/PiPeuquero

Twitter: @pip_eu_quero

Prêmios:

Vencedor do StartupSC, primeira edição,uma das cinco melhores Startups de SC,  selecionada pelo programa do Governo de SC + SebraeSC para participar da missão  TechCrunch em Setembro.

Contato: contato@pip.pe

Henrique Schmidt

contato@lapresse.com.br

LaPresse – Assessoria de Imprensa para Startups

Fan Page do Startups Stars