Oi, gente!

Quem fecha a semana aqui no Startup da Vez é a Usecash, um meio de pagamento que funciona por meio do troco. É muito simples e vantajoso: na hora de fazer compras,  podemos receber o troco de maneira virtual e, futuramente, utilizá-lo como meio de pagamento. Olha que barato! A plataforma pode ser acessada por dispositivos mobile – tablets e smartphones.  Para começar a utilizar é só informar o CPF e digitar a senha de acesso no estabelecimento em que for efetuar uma compra. Logo, a carteira passa a ser coisa do passado! O Camilo lopes – CEO da startup bateu um papo conosco e nos contou como andam as operações. Confira a entrevista:

1 – O que é sua startup e como surgiu a ideia?

A Usecash é uma plataforma de pagamento móvel que serve também como um espaço para que os estabelecimentos possam passar troco aos seus clientes. Verificamos que existe um grande problema no Brasil com a falta de troco. O problema atinge os dois lados de uma relação de consumo: o cliente e o próprio estabelecimento. Na conjuntura atual, o cliente muitas vezes é prejudicado ao não receber o troco devido, por conta da escassez de moedas.

De outro lado, diversos estabelecimentos gastam grandes valores para poder suprir a falta de moeda ao utilizar transportadoras de valores diariamente para levar troco ao seu estabelecimento, por exemplo. O problema inclusive já foi identificado pela Fundação PROCON, que alerta sobre a obrigatoriedade da entrega correta do troco pelos estabelecimentos aos seus clientes, e por nossos legisladores, que criaram diversas leis que obrigam a entrega correta do troco ou o arredondamento do valor do produto em favor do consumidor. Para receber o troco, não é necessário que o cliente do estabelecimento seja cadastrado na Usecash, o que facilita a aderência a este sistema.

2 – Qual é o diferencial da Usecash?

A vantagem em utilizar a Usecash quando comparada com outros meios de pagamento são as baixas tarifas, rapidez, segurança e mobilidade da plataforma. Além de servir para a entrega de troco, também pode ser utilizada como meio de pagamento, independentemente do estabelecimento fazer uso da plataforma para entrega de troco. Caso haja troco acumulado em sua conta, o usuário também poderá utilizar este valor para efetuar suas compras.

3  – Qual foi o primeiro passo para tirar a ideia do papel?

O primeiro passo para executar nossa idéia foi estudar o mercado e confirmar a existência do problema referente ao troco e se as pessoas estão interessadas em resolvê-lo. Após uma série de pesquisas, verificamos nas leis, nos jornais e periódicos, bem como em estabelecimentos que a falta de troco é um problema recorrente e que isso representa um custo aos estabelecimentos.

Além do problema do troco, nos deparamos com a nova tendência dentre os meios de pagamento, o pagamento móvel. Para determinar essa funcionalidade, verificamos que os estabelecimentos possuem altos custos com as máquinas de cartão de crédito, as máquinas muitas vezes possuem problemas, clientes não querem carregar dinheiro ou cartão para efetuar suas compras e prefeririam pagar através do pagamento móvel.

4 – Como enxerga sua startup em dois anos? Tem potencial de crescimento?

Nos próximos dois anos pretendemos nos posicionar como um meio de pagamento competitivo no setor, além de sermos vistos como uma plataforma de solução do problema da falta de troco. Pretendemos ser pioneiros e referência no pagamento móvel no Brasil. No nosso caso, existe um passo que vai além: enquanto muitos estão buscando o pagamento via celular, conseguimos eliminar a necessidade do dispositivo em nossa plataforma, de forma que o cliente necessita apenas de seu CPF e senha para efetuar um pagamento.

Existe um grande potencial de crescimento da Usecash no Brasil e no exterior. Diversos estabelecimentos brasileiros enfrentam problemas com troco e gostariam de se beneficiar com tarifas sobre transação menores do que as cobradas por cartões de crédito. Diante disso, temos um mercado imenso a explorar. Além disso, outros países também sofrem com a falta de troco. Na Argentina, por exemplo, o problema é tão grave que surgiu um mercado paralelo de venda de moedas por um preço maior do que seu próprio valor de face.

5 – Qual é seu modelo de negócios?

O modelo de negócios da Usecash se baseia na cobrança de tarifas por transação efetuada por meio da plataforma. A ideia é atrair usuários por meio da função de entrega de troco para que então estes usuários sintam-se estimulados a utilizar o troco acumulado na plataforma em estabelecimentos conveniados.

 

www.usecash.com.br

Fase: Em busca de parcerias
facebook.com/usecash

 

Jéssica Flausino

contato@lapresse.com.br

LaPresse – Assessoria de Imprensa para Startups

Fan Page do Startups Stars

Startups Stars no Google +