Oi gente!

Muitas pessoas tem vindo falar comigo sobre esse assunto “polêmico” dos Apps de Táxis e as Cooperativas.. Dei duas entrevistas sobre o tema essa semana, mas como eu tenho um canal super aberto com os leitores e sou diretora de um desses apps, resolvi falar em nome da SaferTaxi Brasil.

Para nós da SaferTaxi, queremos trabalhar em parceria com as cooperativas, pois existem funcionalidades, como por exemplo, de agendamento, que o nosso sistema não consegue resolver. Ainda, temos a questão da internet, que pode não funcionar. Hoje temos em São Paulo uma cooperativa que entendeu nossa necessidade e se tornou parceira. Ainda procuramos mais parcerias nas cidades que atuamos (Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Porto Alegre e Salvador) e essa pode ser uma necessidade dos outros aplicativos.

Acho que o governo precisa ter muita cautela na hora de uma decisão se eles forem para a justiça, pois hoje o governo apoia as startups, exemplos recentes e claros como Startup Brasil, Seed-MG, Startup Rio surgiram para ajudar a desenvolver um país melhor, com mais inovação tecnológica. Um app de táxi é isso.

Nós, como somos empresa de Software, pagamos impostos normais, não podemos nos classificar no simples, porém diversas Cooperativas tem diversas isenções. Ainda não existe lei que permita uma empresa de Software à pagar menos impostos, isso é muito bom ficar claro, pois as pessoas pensam que não pagamos nada. O tanto de guia que recebo do contador, dá vontade de chorar, pois essa grana poderia ser reinvestida na própria Safer.

Os modelos antigos tendem a se modernizar. As cooperativas podem fazer isso também. Os classificados por exemplo, os jornais processaram a Viva Real, Zap Imóveis etc?

Trouxemos comodidade para as pessoas, para os taxistas. Hoje, eu vivo nesse meio e entendo o que se passa com eles. A frota de táxi no Brasil tem quase 70% dela de empresas, eles, os taxistas, alugam esses táxis e pagam diárias.. Como um uma vez me disse “eu acordo devendo R$ 120,00”, isso era da diária + combustível e alimentação, sem contar com o valor fixo que pagavam para as cooperativas. Muitos deles me confessaram que a renda deles aumentou em torno de 40% após o surgimento dos apps. Isso é ruim para quem? O dinheiro ser mais bem dividido? Ou ficar na mão de poucos? A comodidade de escolher o carro pela marca, pelo ano, pela forma de pagamento ou mesmo pela nota do taxista. O que os apps realmente trouxeram para o Brasil e para o Mundo?

Finalmente, existe uma tendência agora de Caronas, e nós de táxis, precisamos deixar nosso produto muito atrativo para não perder mercado para eles, ai sim, a briga vai ser grande no Brasil.. Estamos nos preparando.

Beijos

Talita Lombardi

Fan Page do Startups Stars

Minha Fan Page

Startups Stars no Google +

http://www.startupsstars.com/