Guia rápido para sua Startup começar a investir em Marketing de Conteúdo | Por Vitor Peçanha

Guia rápido para sua Startup começar a investir em Marketing de Conteúdo

Você é um empreendedor? Possui uma Startup? Então saiba que você possui muito pouco respeito por estatísticas! Não sou eu que estou dizendo isso, foi o Daniel Kahneman, autor do livro Thinking: Fast and Slow (extremamente recomendado). Afinal, que pessoa sensata apostaria em alguma coisa com 90% de chance de dar errado? Além disso, nós empreendedores somos todos otimistas em relação a tudo: achamos que entregas e projetos irã demorar menos que esperamos e achamos que temos tempo e conhecimento para dar conta de tudo que é necessário para se tocar uma startup.

Dentro das dezenas de atribuições que um empreendedor tem que cuida o marketing é um dos mais importante pois, se bem feito, é o que irá fazer com que a Startup consiga alguma visibilidade. Um marketing bem feito requer investimento, seja de tempo, seja de dinheiro. Geralmente essas são as duas coisas que faltam na vida de qualquer empreendedor, por isso o marketing deve ser feito da maneira mais eficiente o possível. É aí que entra o marketing de conteúdo.

O que é, afinal, marketing de conteúdo?

Marketing de conteúdo é uma estratégia de criação e disseminação de conteúdo relevante para seu público-alvo, de maneira a atrair e fidelizar clientes. Na prática significa ter um blog atualizado, criar materiais em vários formatos e divulgá-los em redes sociais. Quase todo empreendedor já faz isso em algum nível, mas sem planejamento, o que torna complicado medir os resultados e aprimorar a estratégia.

Mas quais as vantagens que o marketing de conteúdo traz, principalmente para Startups?

  • Marketing de conteúdo pode ser feito a baixo custo, com investimento principalmente de tempo, o que às vezes é a única opção para uma Startup early stage (mas não se engane, empresas gigantes como a Red Bull fazem investimentos milionários em conteúdo também)

  • O investimento em conteúdo vai se acumulando ao longo do tempo, gerando sua reputação. Uma campanha paga, por outro lado, deixa de existir no momento em que acaba o dinheiro.

  • Devido à natureza inovadora das Startups, muitas vezes o mercado nem sabe que possui o problema que a empresa soluciona e precisa. Uma estratégia de conteúdo bem feita é essencial para essa educação.

  • Startups são empresas novas que precisam se provar no mercado. Gerar autoridade através de conteúdo é uma maneira de alcançar esse objetivo. Se o conteúdo é útil para o público-alvo haverá uma maior empatia e confiança na empresa (empresas como a  Coca-Cola já entenderam isso muito bem).

Então, como trabalhar com marketing de conteúdo?

Bem, agora que você já sabe o que é o marketing de conteúdo e como ele pode ajudar, vou dar algumas dicas rápidas de como montar uma estratégia de conteúdo (para um conteúdo mais completo baixe o ebook da Rock Content sobre Marketing de Conteúdo para Startups):

1. Defina os objetivos

Apesar de ser aparentemente óbvio, pensar no objetivo de sua estratégia é de extrema importância. Existem vários objetivos possíveis a serem alcançados através do investimento em marketing de conteúdo e isso deve estar definido claramente desde o princípio. Alguns exemplos (existem vários outros):

  • Reconhecimento de marca

  • Geração e manutenção de Leads

  • Educar o mercado

  • Engajamento com clientes

2. Escolha de canais

Só com os objetivos definidos é que se deve passar para a parte mais prática. O primeiro passo é definir quais canais serão usados e isso deve ser feito levando-se em conta os objetivos definidos. Existem milhares de canais disponíveis na Internet, por isso não caia na tentação de tentar usar todos. Escolha os que você conseguirá manter atualizado e medir os resultados de maneira eficiente.

3. Execução

Agora é hora de por a mão na massa. Se a estratégia e os canais estiverem bem definidos a execução será relativamente tranquila, mas não pense que será fácil. Aqui vão duas dicas essenciais para que tudo corra bem:

  • Não espere o momento ideal para começar, pois ele nunca chegará. O importante é já começar a criar conteúdo de qualidade o mais rápido possível e o resto vai sendo melhorado com a máquina já rodando.

  • Siga seu cronograma! Mantenha a frequência de postagem e, caso não esteja dando conta, adapte sua estratégia para um volume aceitável.

4. Mensuração de resultados

Durante a fase de planejamento é imporatne que se saiba exatamente quais serão os KPIs (Key Performance Indicators) da empresa e como eles serão alcançados. Somente com os KPIs definidos é que é possível determinar se a estratégia foi um sucesso ou não. A partir da análise de resultados é que se torna possível adaptar a estratégia para torná-la cada vez melhor.

O marketing de conteúdo é uma poderosa arma para qualquer empresa, mas no caso de Startups é a melhor opção para conseguir alguma presença e destaque no mercado. É claro que o uso de outras estratégias de marketing para complementar o conteúdo também são importantes, não se esqueça disso.


E você, já investe em conteúdo de alguma maneira? Compartilhe suas experiências aqui nos comentários!

vitor peçanha no startups stars

Vitor Peçanha | Guest Blogging no Startups Stars

 

Sobre o Guest Blogging

Vitor Peçanha é sócio-fundador da Rock Content, startup que ajuda seus clientes a montar e executar estratégias matadoras de marketing de conteúdo. Publica periodicamente ebooks sobre o tema e textos no blog da empresa.

Compartilhe:

Talita Lombardi

Talita Lombardi é Fundadora e CEO da PrestigyME, agência de conteúdo & influenciadores. Possui mais de 17 anos de experiência no mercado B2B e é fundadora das marcas Menina Executiva e StartupsStars. Também escreveu o ebook de vendas SalesThinkng e o livro infanto-juvenil Jessica Rainbow. Talita é considerada referência nas áreas de empreendedorismo, vendas e startups no país.

Artigos relacionados