4   +   7   =  

Boa Noite!

Hoje uma startup de um segmento que muitas pessoas adoram: games! Principalmente quando o céu é o limite, podem ser jogos para treinamentos, divulgação da sua marca na internet e muitas coisas mais. O CO-Founder e diretor de criação, Rubens Blajberg, conta um pouco sobre sua trajetória e sobre o projeto do PlayerUm. A empresa tem sua sede na cidade maravilhosa, Rio de Janeiro e já acumula várias parcerias de sucesso como por exemplo: Rede Globo, Use Huck, SporTv entre outros. Com vocês:

O que é a PlayerUm?

A PlayerUm é um estúdio de games.

Como surgiu a ideia?

“Antes mesmo de me descobrir empreendedor o meu sonho era trabalhar com games. Com este intuito estudei programação no segundo grau técnico. Como o mercado de games era inexistente no país por volta de 2000, eu escolhi a faculdade de publicidade (desistindo de direito que eu também curto), pois jogos também são peças de comunicação no sentido que requerem roteiro e arte, talentos que não existem nem no direito nem na programação. Então segui pela comunicação para não matar completamente meu sonho.

Ainda antes de acabar a faculdade ESPM fui sócio de outra start-up que você deve conhecer: a Biruta Mídias Mirabolantes. Fui o primeiro diretor de criação da empresa e fiquei lá por três anos conquistando muitos prêmios de publicidade com meus sócios (Alan, Rafa, Rômulo e Matheus) e parceiros. Foi neste meio aí que eu percebi o seguinte: A verba de publicidade para internet aumentava em 100% todo ano e consequentemente chegaria a hora dos games e aplicativos para celular. De todos os sócios da Biruta na época, eu era o mais antenado pois também era gamer e ex-programador. Então eu decidi dar um salto de asa delta na minha carreira.

Para desespero de meus amigos e familiares, eu desisti da minha sociedade na Biruta para morar no Canadá fazendo um curso de game design. Embora a empresa estivesse bombando crescendo a cada ano e aos 22 anos eu ja tivesse “minha” (socio minoritário) própria empresa eu queria mesmo era trabalhar com games e sabia que esse mercado iria explodir (ou pelo menos existir) em 3 ou 4 anos.

Assim foi feito, eu estudei um ano no Canadá e voltei pro Brasil pronto para começar a PlayerUm. Cheguei em 2006 a PlayerUm engrenou mesmo em 2010 com a entrada de todos os atuais sócios (em prestações, não todos juntos) e hoje em 2013 posso dizer que somos uma realidade.”

Qual a situação atual da sua empresa?

“A PlayerUm foi viabilizada através de investimento pessoal (até 4 funcionários a empresa funcionava no meu AP. Depois ficamos em um escritório emprestado até ter a casa própria). Chegamos a receber uma proposta de investimento mas consideramos as condições não atraentes e preferimos o crescimento orgânico baseado em esforço comercial e entrega de projetos com qualidade para ganhar mercado.

Hoje a PlayerUm atende o mercado de publicidade desenvolvendo apps e games sociais. Além disso desenvolvemos games de treinamento em segurança operacional para gigantes com a Vale e a MRS. Neste ano de 2013 vamos pocurar expandir o nosso espectro de atuação para os games de educação e lançar games próprios nas lojas android e apple num mercado que chamamos de B2C (business 2 consumer) e procurar rentabilizar através de virtual goods.”

player

Players que trabalham por lá

“Entre sócios e funcionários, somos 10 players.” Confiram :)

Qual foi a fase mais difícil da sua startup?

“Sem duvida nenhuma a fase mais difícil, eu acho que pra qualquer startup é o inicio quando a empresa ainda não tem um produto definido e palpável ou no caso de uma consultoria ou empresa de serviços não tem muita credibilidade para fechar bons contratos. A Barreira do primeiro produto ou contrato/entrega é muito difícil de ser superada.

O Desafio atual eu diria que é aumentar a receita e expandir mercados. Apesar de pequena a PlayerUm enfrenta uma concorrencia absurda pois trabalha em um ramo que atrai gigantes no exterior, mas por outro lado é um meio onde a criatividade faz muita diferença, então precisamos correr para nos consolidar no maior numero de ambientes posível. (educação, treinamento, publicidade…)”

Quais os canais de divulgação você usa para chegar aos seus usuários?

“No caso do B2C trabalhamos com publishers além dos canais tradicionais de facebook e google.”

Como você chega aos seus parceiros? Existe uma força comercial?

“Sim, no caso do BSB (ou seja publicidade, etc) através de contatos dos socios, contatos da epoca de Biruta, etc. Tudo no face to face mesmo.”

Como você enxerga a empresa em 2 anos?

“Muita água ainda vai rolar, mas em 2 anos eu gostara de ver a PlayerUm com uma participação ainda mais intensa no B2B e pelo menos mais um milhão de usuários no B2C.”

Situação da Startup: Lançada

Site: http: www.playerum.com.br

Fanpage: www.facebook.com/playerum

Twitter: @playerumoficial

E-mail: contato@playerum.com.br

Nota

Rubens, parabéns pela sua empresa! Sonho de qualquer pessoas ligada à tecnologia com certeza! Quero um game também!

Bjs @talilombardi

Fan Page do Startups Stars

Minha Fan Page