Oi,

Nossa entrevista de hoje é sobre uma startup de São Paulo e foi respondida pelo founder da empresa, Andreas Madau. A Sweet Market é o primeiro Marketplace de doces Gourmet do Brasil.

Sweet Market

Sweet Market

1 – O que é sua startup e como surgiu a ideia?

A Sweet Market é o Primeiro Marketplace de Nicho (talvez do Mundo) voltado à venda de doces de alta qualidade Made in Brazil. A ideia surgiu da necessidade de fortalecer este nicho, que na sua maioria é representado por Pequenas Empresas. Geralmente, os consumidores de produtos de alta qualidade não conhecem estas marcas já que dão preferência a produtos importados (com a mesma qualidade ou inferior) ou a produtos brasileiros de grandes empresas, como a Kopenaghen por exemplo. O objetivo é valorizar os doces de alta qualidade e reconhecer a territorialidade e as peculiaridades de cada produto. Esta é uma visão que adquiri na Itália, onde os consumidores dão muita importância a genuinidade dos produtos e à artesanalidade. Enfim, temos ótimos produtos no Brasil e precisamos mostrá-los ao público.

– Qual foi o primeiro passo para tirar a ideia do papel?

Entender qual é a dinâmica e funcionamento dos Marketplaces. Os marketplaces apresentam peculiaridades que diferem um pouco das vendas online tradicionais.

3 – Qual o momento da Sweet Market?

A plataforma foi lançada em 08 de Março e neste momento estou procurando divulgar ao público, fazendo entender ao mesmo tempo o funcionamento, as vantagens relacionadas ao preço e oferecer uma alternativa de qualidade.
Tenho tido conversas com o Sebrae, já que o mesmo está bem inteirado no assunto, vide exemplo do Pavilhão Sebrae Terroir na Feira Sirha que aconteceu agora em Março. O conhecimento e a atuação do Sebrae , além da mesma ser o principal canal com as pequenas empresas, poderá nos auxiliar em algumas tomadas de decisão.

4 – Como enxerga sua startup em 02 anos? Tem potencial de crescimento?

Daqui a 2 anos a Sweet Market tem o objetivo de ser referência na venda de doces de alta qualidade no Brasil. Eu quero que o consumidor destes produtos, ao acessar o seu computador ou Smartphone para comprar doces, decida logo pesquisar os produtos da Sweet Market.
Quero que no futuro haja uma gama ainda maior e que estes produtos, junto com o frete, sejam mais baratos em lojas onde eles já estão presentes. Neste momento, a maioria dos produtos + frete são mais baratos; isto eu queria já mostrar. Atualmente, vendemos os nossos produtos como Kits. Por exemplo, não vendemos somente um tablete de chocolate, mas mais de dois, ou do mesmo sabor ou sortidos.

5 – Qual é seu modelo de negócios?

Marketplace. Em um Marketplace os produtores, após o recebimento do pedido, enviam estes produtos para o consumidor final.

6 – Por que escolheu o mercado no qual está inserido?

Existe uma grande fatia de mercado a ser explorado. O ticket médio de produtos importados e de algumas grandes empresas brasileiras não diferem muito dos valores das empresas que selecionamos; sem contar que a qualidade dos nossos produtos, muitas vezes, são de qualidade superior, graças às matérias primas utilizadas e aos diferentes processos executados (artesões).
O comércio eletrônico está crescendo e a venda através marketplaces está tendo percentuais de aumento ainda maiores. Podemos usar como exemplo a Kopenaghen, que investiu 5 milhões de reais no seu ecommerce.

Sempre fui apaixonado pela gastronomia e por doces. Em qualquer viagem que eu faço eu busco a iguaria do local, onde além de saborear, procuro obter mais informações possíveis sobre o método de fabricação e as matérias primas utilizadas.

7 – O mercado que atua possui diversos concorrentes, qual seu diferencial?

Sim, os produtos importados e algumas empresas brasileiras de renome. O nosso diferencial é ter, dentro de um ambiente, produtos brasileiros selecionados, de alta qualidade. Temos uma vasta gama de produtos , como biscoitos, chocolate de origem, mel entre outros. Queremos também , já a partir do próximo mês inserir os Cafés Especiais, já que estes são uma combinação comum com a maioria dos doces. Também vamos inserir uma seção de Food Service (fomos aconselhados pelo Sebrae a inserir essa seção) já que está em alta a procura. No futuro teremos serviços By Sweet Market, mas iremos apresentar estes novos serviços após o fortalecimento do Brand.

8 – Por que decidiu empreender?

Sou Engenheiro Ambiental e sou uma pessoa curiosa por natureza. Exemplo disto é o fato de que já trabalhei em vários setores dentro e fora da minha profissão: comércio exterior, logística e dentro da área ambiental, na indústria e energias renováveis.
Porém a minha paixão pela gastronomia foi o principal motivo de tudo isto. Quem sabe no futuro eu produza algo também.

 

URL: https://www.sweetmarket.place/

FanPage: https://www.facebook.com/sweetmarket.place/

 

*O conteúdo do Startup da Vez é publicado pelo StartupsStars sem qualquer alteração nas respostas fornecidas pelas startups participantes e de exclusiva responsabilidade dos próprios.

Quero participar do Startup da Vez!

Thaís Dias

Fan Page do Startups Stars

Instagram do SS

Blog de Empreendedorismo

Startups Stars no Google +