Na nossa geração os funcionários tem um plano B

Diferente de muitas gerações, diversos funcionários tem um plano B e não se estresse com isso, conviva com esse plano e se puder, faça parte desse plano, vai ser bom para todo mundo. Vou explicar um pouco sobre esse processo, que por muitos é confuso, mas que na prática é muito lindo, entendam: o Plano B dos funcionários.

Quando me deparei com essa novidade

Desde que comecei no Peixe Urbano, eu já tinha um “plano B”, não necessariamente eu queria sair da empresa que eu trabalhava, mas sim, eu queria explorar outras habilidades que eu não teria onde eu estava executando minhas tarefas. Foi assim que comecei aqui o Startups Stars, quase 6 anos atrás.

Lá existia uma novidade para mim: o empreendedorismo tecnológico, me dando assim muita vontade de empreender também. Por isso eu comecei o blog e lá mesmo, entrevistei muitas pessoas o que me foi muito valioso, pois pude aprender além do que eu poderia imaginar. Até o termo startup quando escrevi aqui a primeira vez, foi deletado e fiz novos posts do assunto.

Empresas que valorizam o Plano B dos funcionários

Eu trabalhei em um lugar que amei muito e que tinha o RH focado em entender esse Plano B, mas a grande pena foi que, o meu gestor direto não tinha a cultura desse lugar em seu DNA e essa é minha grande preocupação hoje na influu: como valorizar a curiosidade e projetos dos colaboradores.

Na economia moderna, com diversos empregos sendo descontinuados e novos surgindo, precisa ser normal que todo mundo se mova para encontrar o seu lugar. Isso não é diferente dentro de casa ou das empresas… para não fazer isso de forma fria, empresas podem sim valorizar cada passo de um funcionário curioso e até, impulsionar essas ideias para que virem projetos internos.

O ideal aqui é manter o colaborador fazendo seu trabalho no horário normal e depois disso, ter um momento de discussão ou mentoria para esses projetos novos, de forma estruturada. No meu caso, ainda estamos validando as ideias, minha ideia é logo que tudo possa estar validado para eu iniciar esse processo.

Pensa assim: se um dia você líder, precisar remanejar alguém e não existir esse lugar, como você poderá ajudar? Começar do zero com certeza será mais difícil. Claro que o ideal é sua empresa crescer e precisar de mais tempo do seu time… e nesse caso, eles poderão decidir qual caminho trilhar. O importante aqui é deixar várias opções para esses, que serão o futuro do nosso país. Fechar as portas é algo que não é mais atual, tirando empresas muito tradicionais, as startups se munem de pessoas com esse perfil de serem slashies, ah, como eu, mesmo sendo sócia, eu sempre olho o mercado para aprender coisas que combinem comigo.

Deixem nos comentários o que acham, é muito importante essa troca!

Bons Negócios!

Talita Lombardi

Instagram Talita Lombardi

Twitter: @talilombardi

E-mail: talita@startupsstars.com

Fan Page do Startups Stars

Blog para Empreendedores

Youtube para Empreendedores