A rede mesh

Easy Mesh: Nós vivemos em um mundo de constante mudança. Investimentos na área de tecnologia são muito altos e os inventores estão sempre em busca de conhecimento para melhorar as descobertas de seus antecessores.

Um exemplo disso é a internet. Ela já foi discada, precisou de fio, se tornou wi-fi. A internet sem fio se tornou acessível para todos e, agora, deve se tornar mais eficiente, através d uso de tecnologias como o Li-Fi – com lâmpadas de led – ou com a rede mesh.

O wi-fi mesh é uma solução cada vez mais popular entre as empresas. Apesar de a tecnologia ainda ser tímida no Brasil, ela é muito usada no exterior, especialmente em países como os Estados Unidos.

A pessoa que resolve fazer uso da rede mesh precisa de um conjunto de roteadores espalhado pelo ambiente. O mesh permite que eles funcionem todos simultaneamente, espalhando o sinal da internet por mais áreas, sem prejudicar a qualidade do sinal ou a velocidade.

Atualmente, o sistema só funciona se todos os roteadores forem da mesma marca, entretanto, a Wi-Fi Alliance – organização sem fins lucrativos que foi criada para promover o Wi-Fi e certificar a qualidade de seus equipamentos – anunciou que isso está prestes a mudar, graças ao desenvolvimento de uma nova tecnologia, o easy mesh.

Como o wi-fi mesh funciona?

Diferente dos extensores tradicionais, o mesh é uma forma de inteligência artificial e, por isso, funciona de forma mais eficaz.

Quando os roteadores são espalhados por um grande ambiente, eles funcionam de forma autônoma, conectando os aparelhos ao canal que está mais próximo e com menos uso, dessa forma, o próprio roteador consegue evitar que o sistema se torne lento.

Em uma área de 400 metros quadrados, por exemplo, é necessário o uso de três roteadores. O roteador principal receberá o sinal da rua e fará a comunicação com os dois auxiliares, – que não precisam estar conectados através de fios – dividindo a carga de sinal.

Easy Mesh

Atualmente, um dos maiores empecilhos para o uso da rede mesh, é o fato de que a obrigatoriedade do uso de uma única marca de roteadores torna toda a operação muito cara.

Imagine essa situação: uma empresa de roteadores desenvolve uma nova tecnologia e você acredita que isso seria uma ótima opção para a sua empresa. Para obter esse novo produto, você teria que substituir todo o seu equipamento antigo por um novo, sem ter a opção de comprar um roteador de cada vez. O alto volume de gastos faria com que essa operação se tornasse, muitas vezes, inviável.

Agora, graças ao easy mesh, será possível comprar os aparelhos separadamente e sem precisar abrir mão dos antigos, permitindo o uso de novas tecnologias e sem a necessidade de uma compra em massa.

De acordo com o vice presidente da Wi-Fi Alliance, Kevin Robinson, a padronização irá acontecer através da atualização do firmware dos equipamentos, por isso,  estará disponível  para todos os aparelhos e não apenas para os novos.

Para as pessoas que não gostaram da ideia, é importante ressaltar que o uso do easy mesh é opcional, então você pode optar pela continuidade do uso do mesh apenas em roteadores da mesma marca.

Ainda não há nenhuma informação a respeito de quando o processo de mudança irá começar e não há uma data para que os novos aparelhos, com a tecnologia Easy Mesh, cheguem ao mercado.

Uma das grandes dificuldades para a implementação do programa, se dá pelo fato de que, até o momento, nenhuma das fabricantes de roteadores se comprometeram a aderir ao uso do Easy  mesh.

 

Fontes: https://www.techtudo.com.br/noticias/2018/05/nova-tecnologia-easymesh-deixa-conexao-wi-fi-mesh-mais-inteligente.ghtml

https://tecnologia.uol.com.br/noticias/redacao/2018/05/14/novo-padrao-do-wi-fi-agora-da-para-conectar-roteadores-de-varias-marcas.htm

https://canaltech.com.br/infra/novo-padrao-wi-fi-unificara-roteadores-de-diferentes-marcas-em-redes-mesh-113832/