Mudanças de privacidade, será que vai chegar ao Brasil?

Whatsapp da Europa: No próximo dia 25 de maio, a Europa deve anunciar o novo regulamento para a proteção de dados pessoais. A iniciativa se deu depois que o Facebook admitiu o vazamento de informações pessoais dos usuários que, inclusive, pode ter interferido nas eleições presidenciais americanas e no Brexit.

O WhatsApp, que desde 2014, pertence a Mark Zuckerberg resolveu se antecipar ao anúncio e decidiu que os europeus com menos de 16  anos não terão mais autorização para usar o aplicativo de mensagens, a menos que eles tenham uma autorização dos pais.

Por enquanto, a idade mínima continua sendo a de 13 anos para o resto do mundo.

WhatsApp na Europa

Muita gente desconfia que o WhatsApp só anunciou essa medida para acalmar os ânimos, mas que nada será feito, uma vez que é praticamente impossível controlar se as pessoas que estão utilizando o aplicativo são, efetivamente, maiores de 16 anos.

Para garantir que a medida será cumprida, a empresa anunciou que irá se dividir em duas e que, assim, poderá trabalhar de forma mais efetiva.

Jovens no Whatsapp

Jovens no Whatsapp

O novo WhatsApp

A empresa anunciou que a partir de agora o serviço do WhatsApp europeu será oferecido  WhatsApp Ireland Limited, empresa com sede na Irlanda e que tem o objetivo de “atender aos novos e estritos padrões de transparência quanto à maneira de proteger a confidencialidade dos seus usuários”.

Entretanto, o WhatsApp ainda não deixou claro quais serão as medidas tomadas para evitar que menores de 16  continuem usando o aplicativo.

O que foi anunciado pela empresa é que, a partir de agora, quem se inscrever no WhatsApp precisará concordar com a política de privacidade e informar qual é a sua idade, porém alguns pontos ficaram sem nenhum esclarecimento:

  • O WhatsApp permitirá que os pais de menores de 16 anos autorizem os seus filhos a usar o aplicativo, mas como essas autorizações serão recolhidas?
  •  Menores de 16 anos que já usam o aplicativo serão expulsos?
  • Se eles serão expulsos, como isso acontecerá?
  • Como saber se os jovens não estão mentindo a idade na hora da inscrição?

Dependendo de como essa nova política for aplicada, os pais estarão em uma situação delicada, na qual depende apenas deles a decisão de permitir ou não que os filhos usem o aplicativo.

Acesso aos dados

Uma das exigências que será anunciada na nova política de privacidade européia é a de que os usuários das redes sociais devem poder fazer o download de todas as suas informações que foram armazenadas em suas contas nas redes sociais.

Dessa forma, espera-se, que as pessoas informem cada vez menos dados e, assim, as todos ficarão mais protegidas no caso de alguma empresa tentar roubar os seus dados.

Fontes: http://www.bbc.com/news/business-43888647

https://www.corriere.it/tecnologia/social/18_aprile_25/hai-meno-16-vivi-europa-non-puoi-piu-usare-whatsapp-d8f3184e-4863-11e8-8b32-697e76a4f827.shtml?intcmp=exit_page

https://istoe.com.br/whatsapp-veta-usuarios-menores-de-16-anos-na-ue/