5 dicas para sites de startup

Um site é uma ferramenta essencial para qualquer startup. Criar uma presença na Web com um endereço na Internet e ser facilmente encontrado por clientes em potencial é algo benéfico para qualquer negócio. Um site, além de servir como um canal para informações, também pode ajudar melhorar o relacionamento com os clientes.

Com um site disponível para acesso a qualquer momento, sua startup terá um maior alcance e passará maior credibilidade para seu público alvo. Se você está pensando em começar um site ou quer melhorar uma página já existente, confira essas 5 dicas para sites de startup.

1. Escolha um bom serviço de hospedagem de site

O serviço de hospedagem é o que garante que o seu site ficará disponível para acesso a qualquer momento do dia. Ao escolher um bom serviço de hospedagem de sites, você evita problemas com o site da sua startup, como: erros no servidor, site lento ou indisponível para acesso.

Existem vários provedores de hospedagem que oferecem uma boa relação de custo-benefício, então mesmo investindo pouco, é possível encontrar serviços com planos de qualidade por um preço acessível, e que vão suportar perfeitamente um site de startup.

Se você ainda não escolheu o serviço de hospedagem, procure por análises, reviews e avaliações das empresas que oferecem esse tipo de serviço, assim você poderá escolher a melhor hospedagem de sites para sua startup.

Busque saber mais sobre a empresa de hospedagem que vai ficar responsável por manter o seu site no ar – veja o que os clientes e os profissionais da área de hospedagem de sites falam sobre os serviços e escolha os provedores mais recomendados.

Também é importante registrar o domínio da sua startup o quanto antes. Em muitos casos, o plano de hospedagem já inclui um registro de domínio, por isso, se você ainda não tem um registrou um domínio, considere os planos que já oferecem esse adicional já incluído e economize no projeto do seu site.

2. Use um sistema de gerenciamento de conteúdo

Um CMS (Content Management System) ou sistema de gerenciamento de conteúdo é uma aplicação web que ajuda na organização e gestão dos conteúdos de um site, blog ou loja virtual. Com um CMS, é possível gerenciar a criação, edição, publicação e categorização dos conteúdos de um site de forma prática.

São muitos os CMS disponíveis no mercado, o mais popular entre eles é o WordPress. O WordPress é uma solução completa para gerenciamento de conteúdo, ele permite a criação de sites, lojas virtuais, blogs e até fóruns. Além disso, é possível adicionar mais funcionalidades através dos plugins que são distribuídos gratuitamente.

O WordPress é muito popular e pode ser encontrado na maioria dos serviços de hospedagem de sites, o que facilita a instalação e o suporte na utilização da plataforma.

3. Crie um blog para a sua startup

Um site é excelente para trazer credibilidade, passar informações sobre a sua startup e ajudar as pessoas entenderem melhor os seus serviços. No entanto, existe um canal que pode ajudar ainda mais na criação uma forte conexão com seu público e atrair novos clientes: o blog.

É muito comum encontrar um blog nos sites de startups, com novidades e dicas relacionadas aos serviços oferecidos. Gerando conteúdo de qualidade no blog da sua startup, você traz mais visibilidade para o seu negócio.

Tendo um blog com diversos conteúdos de qualidade e que vão agregar valor aos seus clientes, você pode aumentar o alcance dos clientes por meio dos compartilhamentos em redes sociais e também ao ser encontrado nos mecanismos de busca.

Existem vários motivos para criar um blog em sua startup, mas sabendo desses benefícios, você já pode ter uma ideia de como um blog pode aumentar o alcance da sua startup.

4. Otimize o seu site para os mecanismos de busca (SEO)

SEO (Search Engine Optimization) é um termo que você deve conhecer bem para que o site da sua startup se mantenha relevante nos sites de busca. Se você quer ser encontrado facilmente no Google ou Bing, procure otimizar as páginas e os conteúdos do seu site pensando também nos motores de busca.

Para melhorar a parte de SEO do site da sua startup, você pode trabalhar aspectos como:

  • Palavras chave;
  • Títulos e URLs amigáveis;
  • Metatags;
  • Links.

Ao utilizar técnicas de SEO, os conteúdos do seu site aparecerão com maior frequência nas páginas de resultados, ajudando na conversão de clientes e no reconhecimento da sua startup.

Pense também no desempenho e tempo de carregamento do site, pois um site lento é um ponto negativo tanto para os motores de busca quanto os usuários.

Mais importante que os motores de busca, são os usuários. Por isso é importante investir numa boa experiência para o usuário: mantenha o site com uma estrutura legível e um design agradável ao usuário. Evite usar técnicas abusivas que podem incomodar os visitantes do site, como anúncios em excesso, pop-ups e notificações constantes.

5. Compartilhe seus conteúdos nas redes sociais

Com o site pronto e o blog produzindo conteúdo de qualidade, você já pode compartilhar as páginas e publicações nas redes sociais, comunidades e fóruns.

Procure as comunidades relacionadas com o tema da sua startup e participe ativamente. Não somente para compartilhar os conteúdos da sua startup, mas também para contribuir como um membro ativo da comunidade. Isto ajudará a comunidade a valorizar o seu trabalho, e consequentemente trará visibilidade para o seu projeto.

Se você está na etapa de planejamento do site da sua startup ou está procurando melhorar o site já existente, considere essas dicas para alavancar o seu negócio.

Gostou deste artigo? Compartilhe nas redes sociais e ajude aquele seu amigo que está começando startup!

Sobre o convidado:

mhs-avatar

mhs-avatar

Sobre “O Melhor Hospedagem de Sites é um projeto que tem como objetivo ajudar as pessoas encontrarem o melhor provedor de hospedagem por meio de análises, reviews, ferramentas e conteúdos sobre o universo de hospedagem de sites.”