O que as startups têm a ensinar?
Afinal, as startups são uma ameaça às empresas tradicionais e consolidadas? Sejamos pragmáticos: se o ritmo de mudança do mercado em que estão inseridas for maior que a velocidade das empresas de se reinventar internamente, a resposta é sim. É claro que esse processo de evolução acelerada não é simples e necessita de engajamento das principais lideranças das organizações, mas o fato é que essa transformação precisa ser uma realidade.
Uma consulta feita com 4 mil empresas que participaram do Digital Business Research Index em 2016 constatou que 78% das companhias  têm medo das startups. A realidade deveria ser que, ao invés de temê-las, as organizações criassem programas de aproximação para atraí-las, já que as startups também possuem interesses nessas parcerias. É preciso se unir a elas e saber tirar proveito disso, criando um laço de confiança e uma parceria ganha-ganha.
A tecnologia e a inovação não são mais o futuro, mas uma realidade. A busca  pela reinvenção precisa ser constante e as organizações que não conseguem  acompanhar essas mudanças estão perdendo mercado e vendo o seu negócio diminuir todos os dias. A solução é fazer como propunha o filósofo Sócrates, numa época em que a tecnologia não existia: “o segredo da mudança é concentrar toda a sua energia não na luta contra o velho, mas na construção do novo”.
Muitas empresas já viram vantagens em se associar às startups, mas muitas delas  esbarram na dificuldade de se desfazerem daquilo que o mercado não enxerga mais como valor, e a razão disso está na suas estruturas engessadas que emperram a agilidade de desenvolvimento e de mudança. A startups têm em seu DNA a inovação, o propósito e a velocidade e são essas características que precisam ser absorvidas.
Se conectar a uma startup é trazer para dentro de “casa” colaboradores pensando em novas soluções e receitas, bem como novos modelos de negócios que garantam a sustentabilidade da empresa em longo prazo. Esse é o futuro das empresas no Brasil, como já acontece  em  economias mais maduras.

Sobre o convidado:

Diego Brites Ramos

Diego Brites Ramos

Diego Brites Ramos é engenheiro e CEO da Teltec Solutions.

Use Facebook to Comment on this Post