Glocal Arts | Startup da Vez

0
12 May, 2014 at 8:51 pm  •  Posted in Todos os Posts by  •  0 Comments

Olá!

Direto de João Pessoa, minha cidade querida! Bom, a startup teve início no final do ano passado, quando rolou o startup weekend por lá e desde então, eles resolveram apostar na plataforma. A Glocal Arts vai ajudar artistas plásticos à encontrarem seu público. Quem respondeu a entrevista foi o CEO, Vinnie (meu amigo da época do mIRC) vai vendo. Aproveitem, o projeto é incrível!

O que é o GlocalArts e como surgiu a ideia?

“Glocal Arts é o primeiro marketplace de Artes Plásticas do Brasil. A ideia é valorizar o artista apresentando aos interessados sua história, experiências e, obviamente, as obras de arte.

A ideia surgiu durante uma pivotada no SWJampa. Nossa ideia inicial era um marketplace ligado a artesanato mas como percebemos que os produtores em larga escala não tinham dificuldade de encontrar compradores tivemos que pensar em outra alternativa durante o evento. Pivotamos e surgiu a ideia de avaliar as possibilidades de entrar no mercado de Artes Plásticas. Percebemos o tamanho do mercado e a falta de competidores de grande porte. Foi a oportunidade que estávamos procurando.”

Qual a maior dificuldade, encontrar os artistas ou usuários? É um mercado com muitos concorrentes?

“Na realidade muitas pessoas pensam que a área de Cultura não tem valor, não existem pessoas responsáveis envolvidas com os processos, que não existe público consumidor ou apenas uma parcela muito pequena.

Como todo e qualquer novo negócio leva-se algum tempo para que as pessoas saibam que existe aquele produto ou serviço. Nós ainda nem começamos de forma mais aprofundada o investimento em Marketing e o boca-a-boca já tem nos ajudado tanto a chegarem novos artistas como clientes. Praticamente todos os dias novos artistas chegam ao site, enviam e-mails com dúvidas, etc. Em menos de 20 dias já havíamos realizado algumas vendas e isso nos deixa muito felizes porque agora com o MVP no ar saímos do ambiente ‘teórico’ de validação para a verdadeira prática do mercado.”

 Qual foi o primeiro passo para tirar a ideia do papel?

glocal arts minilogo

“Como viemos de Startup Weekend foi muito difícil tocar o projeto, no nosso caso, com pessoas de quatro estados diferentes. Cada um tinha uma expectativa diferente de interesse e possibilidade de dedicação. Grupos grandes sempre são difíceis de lidar. O projeto teve que estacionar um tempo e no final de março/2014 é que retomamos com força total e um novo sócio que não participou do SWJampa.”

 Qual o tipo de experiência vocês querem dar para os usuários e artistas?

“No Glocal Arts o artista se sentirá único e importante. Estamos tendo cuidado de dar o máximo de atenção a eles chegando ao ponto de, ao efetivarem o cadastro inicial, ligamos para cada um deles. Os feedbacks dessas ligações são incríveis: “Nossa, nunca ninguém havia me ligado de um site!”, “O site de vocês é muito fácil, nunca pensei que existissem pessoas ‘por trás’ de um site”. Usamos essas ligações como elemento de validação pois alguns nem sabemos como descobriram nosso site. Realmente são ‘early adopters’. Isso tem sido muito gratificante e tem nos ajudado incrivelmente a melhorar a plataforma.

Para o usuário a intenção é deixa-lo muito a vontade para ter acesso ao maior número de artistas e variedade de obras de uma forma muito fácil. Poucos cliques, informação clara, telas limpas e uma participação muito efetiva de nossa equipe junto ao processo para ajudar o mais rápido possível nesse processo de contato com nosso sistema. Precisamos criar esse laço com nossos mais variados clientes que percebemos para tornar essa experiência gratificante.

Acreditamos também que muitos visitantes estarão visitando o Glocal Arts em busca de conteúdo. Nos preocupamos em fazer entrevistas com artistas ou personalidades tanto para gerar expressividade a esse artista como trazer interessados em Artes Plásticas. Já temos alguns blogueiros interessados em participar do site e isso também trará um impacto muito positivo ao nosso ambiente.”

 Pode apresentar o time se quiser =)

“Uma das coisas que nos deixa mais tranquilos nesse projeto é exatamente o time. Somos três profissionais com grande experiência em mercado e muito capacitados. Todos com graduação e pós-graduação, experiência em projetos internacionais ou até efetivamente tendo morado alguns anos no exterior. Essa gama de conhecimento que cada um possui abre muito o leque de possibilidades dentro do Glocal Arts.

Eu sou o Vinnie de Oliveira, CEO do Glocal Arts, jornalista e também possuo MBA em Marketing Executivo pela FGV, com experiência de cerca de 10 anos no exterior trabalhando na Europa para empresas na Inglaterra, Suíça, Polônia, Espanha, Portugal, Itália, entre outros países, e na África pela construtora Odebrecht.

Luciano Nobre, CTO do projeto, graduado em computação e pós-graduado em Desenvolvimento Mobile e Marketing Digital, possui experiência profissional em projetos no setor público e privado muito ligados a sua especialidade que é desenvolvimento para mobiles. Também possui contato com projetos internacionais na Europa e EUA.

Rimenes Ribeiro, CIO do projeto, graduado em computação e pós-graduado em Engenharia de Softwares, possui mais de 10 anos de experiência em desenvolvimento WEB envolvendo projetos de grande e pequeno porte no Brasil, Europa e EUA.”

URL:  http://www.glocalarts.com/

Fase: MVP – Em busca de investimento

Como se sustenta?: Bootstrap

Facebookhttps://www.facebook.com/Glocalarts

Twitterhttps://twitter.com/glocalartsbr

Nota

Vinnie e sócios, parabéns pela inciativa, precisamos sim de mais artistas felizes no mundo! Obrigada!

Beijos

Talita Lombardi

@talilombardi

Fan Page do Startups Stars

Minha Fan Page

Startups Stars no Google +

 

 

Use Facebook to Comment on this Post

Leave a Reply