Entrevista na CampusParty em Fevereiro de 2015

Entrevista em Outubro de 2013

Boa tarde!

É com muita felicidade que trago um Anjo hoje aqui no Startups Stars. Tive o prazer de conhecer o João Kepler, aqui mesmo no Rio, no último RioInfo. Ele é uma pessoa muito simpática e prestativa, estava comemorando mais um prêmio de uma das suas startups. Ele é lá de Belém, vive em Maceió e não para nem por um minuto.

Hoje, ele tem participação na HandTalk, CrowdMobiDoity e outras 7! Muito bom!

Nessa entrevista, foquei um pouco mais no lado dele investidor, pois é uma das coisas que os leitores mais pedem, então aproveitem cada linha!

Talita: João, me conta um pouco sobre tua história.

João: “Eu comecei minha vida Empreendedora desde muito cedo em Belém do Pará, aos 11 anos pra ser mais exato, quando vendia coisas usadas na escola e no meu prédio, ai fui tomando gosto por ter Meu próprio dinheiro e fui inventando “modinha” (coleções, festas, office boy e etc) a cada verão até que aos 16 anos eu abri a “Kepler Soft”, que desenvolvia sistemas em Dbase pra clínicas e consultórios, deu muito certo e ganhei muito dinheiro pelo pioneirismo da época.

Depois de fazer algumas viagens, eu percebi que a terceirização de serviços seria a próxima pegada, então, montei também um bureau de digitação, pois naquela época poucos tinham computadores pessoais.  Fui tocando esses negócios e juntei dinheiro suficiente pra estudar, viajar, namorar e me divertir. Aos meus 21 fui estudar  nos EUA.

Para resumir, quando voltei ao Brasil, tive uma ótima experiencia como executivo em TI de um grande Grupo Empresarial no

Hand Talk tem investimento do João

Hand Talk tem investimento do João =)

Nordeste, mas minha veia Empreendedora me levava a fazer em paralelo consultorias. Logo, montei em Maceió uma empresa de sistemas e dai tem muita história de Sucesso e fracassos, sim fracassos, porque também os tive.

Quando a internet ficou mais acessível, eu já navegava por ela e já levava meus sistemas desktops para a rede. Um dos mais relevantes foi o de concessionaria de veículos que  virou um famoso portal de geração de leads de Vendas. Minha experiencia com e-commerce começou revendendo produtos eletrônicos. Fui sócio  também em uma grande empresa de cartão convenio na região, que possuía sistemas próprio e um Portal  (como o Internet banking).

Em 2008, resolvi fazer um site para vender shows e eventos,  foi o embrião do Show de Ingressos, que hoje atua somente como Plataforma B2B e MarketPlace.  As StartUps começaram a aparecer depois que os meus projetos iam tomando forma e mercado, resolvi ampliar as oportunidades para outros Empreendedores, mais para compor  meu portfólio de serviços e produtos ao mercado.

Depois de uma Viagem em 2008 ao Silicon Valley, comecei a entender que o que eu fazia já era uma especie de aceleração, conheci como eram feitos os investimentos  e a partir dai fiquei próximo do que acabou se transformando em “Investimento Anjo”,  depois que comecei a me relacionar com Angel Investidors  Americanos e conheci o Cássio Spina no Brasil, passei a estruturar e organizar os Negocios e portfolio.  Bem, Meu Sucesso foi por rápido e por acaso, acho que só uns 30 anos. Tenho 43 e sou da geração FY (forever young) por isso, tenho muita história pra contar.”

Talita: Quais são os fatores que te levam a fazer um investimento em uma startup?

João: “Primeiro, eu gosto de procurar as oportunidades, gosto de ser o que dá o passo e dizer: “eu te quero só pra mim”, gosto de flertar antes de namorar. Se o negócio tem sinergia com minhas investidas, atividades e conhecimento, fica mais fácil o que eu chamo de Ponto de Interesse.

O Empreendedor Humilde, grato, educado, empolgado e Guerreiro são qualidades a indispensáveis na relação comigo. Não gosto de “Empreendedor sabidão”, aqueles que conhecem tudo, todos e os cheios de tecnês. Esses eu evito!! Estou terminando o meu novo livro [Quando os Anjos Dizem Amem!?] que fala exatamente sobre isso e mostra minhas regras, métodos e experiências positivas e negativos com Startups e Empreendedores.”

Talita: Você tem diversos investimentos, você consegue acompanhar tudo de perto?

João: “No começo sim, acompanhava muito de perto, hoje é mais difícil, por isso, estou procurando negócios mais estruturados que precisem mais de Aconselhamento do que o “pegar Na mão”. Quando o negócio esta em outra fase eu encaminho para a aceleradora StartYouUp, que eu faço parte.”

Talita: Além de todo esse trabalho, sei que você dá palestras em todo o Brasil, como você consegue conciliar tanta coisa?

João: “É fato, sou apaixonado por compartilhar conteúdo e conhecimento. Gosto de Gente e de apreender com as pessoas. Eu procuro conciliar as oportunidades e Palestras com meus outros Negócios. Sou profissional speaker an area de Vendas, e-commerce e marketing digital, no Mundo startups contribuo com a palestra que é tema do livro que mencionei acima. Faço mentoria, participo de painéis e sou jurado de vários desafios e programas no Brasil. Consigo conciliar inclusive a família e a Gestão do Show de Ingressos. Ufaaaa!”

Talita: A maioria dos meus leitores são pessoas ligadas às startups ou empreendedores que já conseguiram dar o primeiro passo. Qual é a hora certa para buscar investimento de anjos?

João: “Existe uma grande confusão por conta dos “professores de surf sem nunca terem surfado”, como diz o meu amigo Guilherme Junqueira. Pra começar, só deve Empreender e aventurar quem estiver disposto a ter tudo, mas também de não ter nada.

Buscar ou não um investimento qualquer, depende basicamente da sua condição financeira e do seu modelo de negócio. Pra mim, não existe receita de bolo para o Empreendedor, o que existe é, bom senso, se você tem recursos próprios ou FFF e é suficiente para bancar até virar, a princípio não faz muito sentido buscar um investimento financeiro, agora, se você precisa de muito tempo de pesquisa, desenvolvimento ou aquisição de usuários e vai faltar fôlego, o caminho é submeter seu projeto em algum Programa ou buscar investimentos que possam bancar seu Plano de Vôo.

O que quero dizer é que, tem negócio que não precisa de Investimento em dinheiro e que podem ser tocados bootstrapping mesmo, porém, somente se o foco for a geração de caixa. O detalhe ai é que no Meu caso, por exemplo, esses são os Negócios que mais me atraem pois minha participação financeira não será fundamental na sobrevida da StartUp.

O que não se deve confundir é que o Investimento ANJO não é um investimento tradicional, é principalmente Mentoria, apoio, conselho, aval e networking, isso você vai precisar sempre, independente do seu nível , estágio e modelo de negócio. Como eu digo, Ter um Anjo certo ao seu lado, pode mudar vidas e gerar grandes resultados.

Quando me apresentam um projeto que tem o aval e é recomendado por um colega Anjo, eu dou prioridade total porque sei que pode ali ter uma oportunidade.

Mas pra apimentar essa pergunta, eu aproveito para avisar que os Anjos são de fato Anjos e não “Diabos” ou “lobos do mal” que querem sugar todo o seu negócio, que quer se aproveitar do seu trabalho e ter um grande percentual da sua startup. Desconheço algum colega na Entidade Anjos do Brasil que pensa ou faz isso, muito pelo contrário. Faço questão de dizer isso, pois já ouvi essa asneira falada por quem nunca teve essa experiencia e só ouviu o Galo cantar no “terreiro alheio”, que por muitas vezes não sabe como funciona a relação.

Bem, o importante é deixar a regra Clara e escrita desde o começo e ir incluindo novos acertos ao longo da jornada.”

João Kepler no Startups Stars

João Kepler no Startups Stars

Mini-Bio do João Kepler:

“João Kepler Braga,   Empreendedor Serial; Especialista em Comércio Eletrônico, Marketing Digital, Empreendedorismo e Vendas; Investidor Anjo, membro da AnjosDoBrasil; Finalista do prêmio Spark Awards como Investidor Anjo do Ano; Conselheiro da @GCSM Global Council of Sales Marketing; Associado e Mentor na @SeedInvestimentos; Cotista e Mentor na Aceleradora StartYouUp; CEO na Plataforma B2B de Internet Ticketing ShowDeIngressos; Blogueiro e Colunista de diversos Portais no Brasil; Palestrante internacional; Escritor e autor de Livros e DVD´s, como: “Vendas 3.0″, “O vendedor na Era Digital” e “Vendas & Atendimento”; Incentivador do ecossistema empreendedor no Brasil e espalhador de Ideias Digitais e Melhores Práticas em Negócios.  ”

Mais:

Nota
João, agradeço muito em nome do blog e dos meus leitores pela sua participação mais que especial! Muito obrigada e muito sucesso para você sempre!
Bjs

Talita Lombardi

Instagram Talita Lombardi

Twitter: @talilombardi

E-mail: talita@startupsstars.com

Fan Page do Startups Stars

Blog para Empreendedoras

Youtube para Empreendedores

Use Facebook to Comment on this Post